Vegetarianos em Dublin: free range eggs

Como já mencionei um outro post, uma coisa bacana daqui é que a maioria dos produtos tem indicado em seu rótulo se eles são apropriados para vegetarianos. No entanto, é preciso tomar cuidado, pois o termo “vegetariano” é bem generalizado, ou seja, pode ser que esteja escrito “suitable for vegetarians” mas o produto contenha ovo. No meu caso, que sou lacto-vegetariana, eu sempre tenho que ler os ingredientes, geralmente na parte que contém os produtos alérgenos, para ver sem tem ovos.

Mas uma curiosidade é que, quando os produtos rotulam que são apropriados para vegetarianos, mas contêm ovos, na maioria dos casos trata-se de “free range eggs”. Pelo termo eu suspeitava do que se tratava, mas após pesquisar vi que de fato trata-se de ovos de galinhas criadas livremente nas fazendas, ao invés de presas em gaiolas. Independente do motivo de os vegetarianos comerem ou não comerem ovos, esta é uma forma mais natural e menos cruel de se criar os animais.

No entanto, parece que há variações de país para país, sendo que “free range eggs” pode significar que a galinha passa apenas parte do tempo livre e depois é presa na gaiola. Em adição a este termo, ou como substituto a ele, alguns produtores utilizam “cage-free”, quando a galinha não passa nenhum período dentro das gaiolas.

De qualquer forma, aqui em Dublin só vi o termo “free range eggs”, portanto, quando for comprar o seu produto “suitable for vegetarians”, você já saberá o que significa e poderá decidir se quer ou não consumí-lo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
20
ago 2012
POSTED BY
POSTED IN Curiosidades
DISCUSSION 11 Comments

11 Responses to : Vegetarianos em Dublin: free range eggs

  1. Camille says:

    Oii Carla!! Fico feliz por vcs terem voltado a postar novidades pra gente.
    Eu e meu marido estamos indo dia 11/09, porém chegaremos em Dublin dia 17.
    Coloquei o blog de vcs no nosso blogroll e se der coloca o nosso no de vcs!
    http://www.juntosporai.com
    obrigada

  2. Olá Carla, tudo bem? Há alguns dias fechei meu curso, já estou olhando passagens… Bom, estou com uma grande dúvida e preocupado. Sou VEGAN, estudante de Ciências Biológicas. Vou ter muitos problemas a respeito da alimentação em Dublin? Será que consigo algo relacionado a minha área de estudo?
    Desde já muito obrigado, abraço!

    • Carla Marina says:

      Olá Diego, tudo bom? Acredito que não terá problemas quanto à alimentação, aqui existem lojas de produtos naturais onde você encontra produtos específicos que não encontramos no mercado, além disso nos mercados comuns você encontra leite de soja e nos mercados asiáticos é fácil encontrar soja em grão, soja texturizada e tofu. Sabemos que estes produtos custam mais caro, mas acredito que eles sejam mais um acompanhamento, pois comemos arroz, feijão, lentilha, legumes, tortas feitas em casa, etc., portanto, pelo menos eu, não compro em grandes quantidades esses produtos diferenciados. Quanto ao emprego, não sei te dizer, pois não tenho procurado nesta área, só na área de Gestão Ambiental, e vou te dizer que está difícil, há pouco investimento do governo neste setor e as empresas que lidam com isso, maioria consultoria, não estão com condições de contratar funcionários. O que parece que há bastante investimento e mais oportunidades, pelo que tenho visto, é o setor energético, com relação a energias alternativas…Abraços!

  3. Carla, que legal este teu post. Eu parei de comer carne depois que vim pra Irlanda e o meu namorado já não come faz tempo. Seguimos comendo ovo, queijo, etc., mas saber que o ovo que eu estou comendo veio de uma galinha criada ao ar livre faz eu me sentir menos culpada. Decidi parar de vez com a carne depois que vi um documentário chamado “Terráqueos”. Já ouviu falar? Ele é muito bom. Ainda não me imagino vegana, mas quem sabe um dia, né? Beijos

    • Carla Marina says:

      Que bacana Vitória, qualquer dia desses temos que marcar um almoço vegetariano! Então, já tinha visto sim esse documentário, é bem forte mesmo, mas eu já era vegetariana quando eu vi, rs. Há outros documentários como esse, não me lembro os nomes agora, muitos colegas ficaram chocados quando assistiram, mas continuaram comendo carne, tem que ter muita convicção e força de vontade para não comer, não é?! Beijos!

  4. Bruna Alves says:

    Oi Carla, tudo bem?
    Estou me preparando para ir para Cork, acompanho o canal/ blog de vcs há alguns meses, e estou adorando.

    Não como carne e confesso que estava bastante preocupada com relação a alimentação, mas essa seção do blog é ótima, parabéns!

    Abraços :)

    • Carla Marina says:

      Oi Bruna, tudo bom e você?
      Que bom que esta sessão do blog está te ajudando, vou procurar colocar mais coisas sempre que possível! Fique tranquila que dá pra se virar com comida aqui sim :)
      Abraços!

  5. Liliana says:

    Olá! obrigado por seu post.

    Onde obter os produtos Mcartney Linda? Eles são hambúrgueres e salsichas vegetarianas? Eu fui a Tesco e Lydl mas não conseguiram. Pedi aos empregados dessas lojas e não sabem como ajudar.

    • Carla Marina says:

      Oi Liliana, tudo bom?
      Dentre os produtos da Linda Mcartney há hamburgeres e salsichas vegetarianas sim e realmente não são vendidos em grandes mercados como Tesco e Lidl. O melhor lugar para comprar esses produtos são as lojas de produtos naturais. Eu costumo ir à Down to Earth (http://www.downtoearth.ie/pages/Contact-Us.html), mas há outras pela cidade, se você der uma busca no Google encontrará. É legal que há várias outras marcas além da Linda, inclusive que eu prefiro mais para certos tipos de produtos.
      Boa sorte com a busca!
      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *