Vegetarianos em Dublin: comida japonesa

Comida japonsea

Eu na minha visita ao Brasil em 2013 comendo comida japonesa

Para quem ainda tem aquela idéia de que vegetariano só come legumes e vegetais, o título deste post pode parecer estranho. Eu sou vegetariana e amo comida japonesa e quando eu digo vegetariana, isso exclui o peixe da minha dieta, pois vegetarianos não comem peixe, ao contrário do que muitos acreditam e dizem por aí!!!

Se você também gosta de comida japonesa, deve saber que não é só de peixe que ela é composta! Dentre as deliciosas opções que ela oferece estão o shimeji na manteiga; o tempurá de legumes; o sushi ou nigiri de pepino, manga, abacate, etc.; o tofu em diversas formas; sopa de missô; gyoza vegetariano, dentre outras.

Para a nossa felicidade, é possível encontrar estas opções vegetarianas em diversos restaurantes japoneses, coreanos e chineses por aqui. Sinceramente ainda não me arrisquei por outras bandas, mas posso dizer que os restaurantes aqui do centro de Dublin onde bato carteirinha são: Yamamori, YO! Sushi  e o mais recentemente descoberto, Hailan Korean Restaurant, localizado à Dame Street.

Se você não está com muita fome, vale pedir as porções individuais, mas eu raramente faço isso, porque você vai acabar comendo apenas uma ou no máximo duas variedades de comida, sendo que, pelo mesmo preço, você poderia pegar uma Bento Box (aproximadamente €10,00). A Bento Box, para quem não sabe, é uma bandeja quadrada com algumas divisões e em cada divisão vem um tipo de comida, como as que citei anteriormente. Geralmente a comida vem acompanhada pela sopa de missô e pelo arroz japonês. Você encontra a Bento Box no Yamamori e no Hailan, já o YO! Sushi possui um modelo de negócios diferente, estilo self-service.

veggie-bento-1024x768

Exemplo de Bento Box vegetariana

Falando mais do YO! Sushi, nunca tinha visto algo parecido, talvez até exista no Brasil, mas só vim a conhecer aqui. O restaurante possui uma esteira onde ficam os potinhos com as comidas passando, você pega o que interessa e no final você paga de acordo com as cores e quantidades dos potes que pegou. Além disso há os pratos quentes, que você pode escolher do menu, sendo que um dos meus favoritos é a “pumpkin korroke”, uma abóbora à milanesa frita, com um molhinho delicioso por cima.

Pumpkin Korroke

Pumpkin Korroke

Se tiverem outras dicas de comida japonesa vegetariana por aqui ou em outros lugares na Irlanda, deixem nos comentários!

Abraços e até a próxima dica vegetariana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 Responses to : Vegetarianos em Dublin: comida japonesa

  1. Nadine says:

    Oie!!!!! Queria tirar uma duvida com vcs… Sobre processos de visto. Lembro de ter visto aqui que um de vcs dois tem cidadania europeia né? Vcs entraram com visto de estudante ou conseguiram visto de casamento por aí? Digo isso pois estou em processo de ida, e meu marido tem cidadania portuguesa e queria saber/uma ajuda pra saber como funciona. Tenho pesquisado algumas coisas, mas me deparei com informações sobre como o cidadão tem que estar trabalhando ou fazendo faculdade/curso e ter subsidios para sustentar. O que não ficou claro é se esse curso pode ser um curso de inglês. Enviei um email para imigração mas ainda sem retorno. Se vcs puderem me ajudar/tentar me ajudar ficaria muitissimo grata!!!!! Obrigada!!!!!!! (meu email tá no cadastro!)

  2. Excelentes dicas! O Yamamori é mesmo muito bom! O estilo do Yo Sushi eu não conhecia até ir um dia desses no Dundrum – achei bem interessante! Você já comeu no Wagamama?

  3. Jeany says:

    Hmmmmmmmmmmmmmmmmmmm. Sou vegetariana e moro em Dublin faz quase 1 ano, mas não testei essas delícias ainda. Só posso dizer que aqui em Dublin tem muito mais opções de comida para vegetarianos seja em restaurante ou em supermercados. Venho do interior paulista e sinto mais facilidade em achar alternativas de comida aqui. Valeu pela dica, Carla.

  4. Mario Souza says:

    Boa Noite Bruno e Carla,

    Muito legal a iniciativa. Gostaria de uma ajuda se possível!!!

    Sou cidadão europeu (português) e minha esposa não. Gostaríamos de, assim como vocês, ter uma experiência no exterior e aprender inglês.

    Li algumas coisas aqui no blog a respeito de um formulário. Como procedo tanto para minha esposa como para mim!?????

    Obrigado!!!!

    • Carla Marina says:

      Olá Mário, tudo bom?
      Sua esposa pode aplicar para o Stamp 4, que é o visto para familiar de europeu. Veja como proceder neste post que fizemos: http://mundoa2.com/imigracao-na-irlanda-stamp-4-eufam/
      Alertamos que já faz tempo que passamos por esse processo, portanto podem ter havido mudanças das quais não sabemos.
      Abraços!

      • Mario Souza says:

        Obrigado pela atenção.

        Sem querer abusar. Vê o que acha de meu plano:

        – Pretendo ir com minha esposa para Irlanda para aprender inglês e mudar os “ares”; Sendo assim, pretendo fechar via internet ou com a ajuda de alguns amigos que estão aí um flat, de no máximo 500 euros. Chegando aí pretendo correr atras de trabalho e do curso. Irei reservar uns 10mil reais.

        Creio que inicialmente, por meu ingles não ser o melhor, irei conseguir emprego com faxina, entrega de jornal mas tá valendo.

        É seguro isso??? Conseguiria me manter com esses trabalhos, isto é, pagar aluguel e alimentação?

        Obrigadão…..

  5. Carolina says:

    Vegetarianos não comem peixe, como vc mesma disse.. se vc come, então vc não é vegetariana. É apenas “semi-vegetariana”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *