Letter of registration of tenancy

Gostaria de compartilhar com vocês uma informação que poucos sabem ou ouviram falar, mas que se por um acaso você precisar dela, como nós precisamos, você já vai saber do que se trata e como lidar com a situação. Estou me referindo à “Letter of registration of tenancy“, ou carta de registro de propriedade.

Continue lendo

20
out 2012
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 3 Comments

Perguntas frequentes ao intercambista

Este fim de semana tivemos mais uma de muitas despedidas que estão por vir e a pergunta que mais nos fizeram foi “Como estão as coisas?”, pergunta que sempre vinha acompanhada de muitas outras.

Pelo menos esta já foi respondida por aqui por meio de alguns dos posts do nosso blog : já fechamos o curso de inglês, o seguro saúde e a hospedagem com uma agênciacompramos as passagens, fomos à vários encontros de intercambistascompramos malas e deixamos nossos empregos. Ainda faltam algumas coisas a serem ditas, mas esses foram os grandes acontecimentos até agora.

Depois de puxado o assunto, outras perguntas foram surgindo, e as respondemos abaixo:

Continue lendo

06
fev 2012
POSTED BY
POSTED IN Curiosidades
DISCUSSION 20 Comments

Quanto custa fazer intercâmbio na Irlanda?

Olhá só, já se foram 7 meses de blog, e um belo hiato sem publicação onde esse humilde relato de intercâmbio ficou às moscas. Por outro lado, já estamos com 28 posts, uma vitória para quem já abandonou meia dúzia de blogs antes da marca das 10 atualizações. YAY!

Aqui já registramos expectativas, notícias diversas, mais expectativas, registros dos nossos passos e algumas dicas, mas até agora nada muito concreto relacionado ao intercâmbio na Irlanda.

Como já relatamos por aqui, já fechamos o pacote com uma agência e reservamos nossos assentos com destino à terra dos Leprechauns. Assustadoramente, foi tudo muito rápido e indolor, na verdade doeu um pouco no bolso e no coração a maldita oscilação do dólar, mas no final deu tudo certo.

Então vem aquela pergunta que ninguém tem coragem de fazer, quanto custa? Acho que não é nenhum segredo isso, já que basta algumas ligações para que os valores abaixo apareçam. Mas antes de falarmos deles, vamos por partes e destrinchar os danados.

Continue lendo

01
dez 2011
POSTED BY
DISCUSSION 101 Comments

Primeiro grande passo: agência e escola

Depois de ler muitos blogs e pesquisar na internet, finalmente escolhemos uma agência e uma escola para estudarmos inglês em Dublin: a agência é a GotoLondon e a escola chama-se SEDA! Confesso que não foi fácil, são muitas opções e é preciso se atentar a diversas variáveis: localização (se você quer estudar no mesmo lugar em que pretende morar, para economizar com o transporte, por exemplo), confiabilidade tanto da agência quanto da escola, infra-estrutura que a escola oferece, se estudam muitos brasileiros (para quem quer realmente fazer uma imersão, isso pode não ser bom), o que está incluso no valor a ser pago à agência (acomodação, seguros, curso etc), atendimento, e por aí vai.

Há pessoas que, para economizar dinheiro, fecham o curso direto com a escola. Nós, como pretendemos ficar um bom tempo por lá, preferimos que a nossa experiência começasse com o suporte de uma agência, para ter a quem recorrer caso algo saísse fora do acordado.

Os fatores que mais influenciaram a nossa escolha foram o fato de a escola e a agência serem muito conhecias, serem elogiadas pela maioria das pessoas que optaram por elas e não terem nenhuma crítica negativa que comprometesse a nossa escolha (a crítica mais recorrente à escola que escolhemos é a grande incidência de brasileiros, o que para nós é irrelevante, já que pretendemos morar por pelo menos  de 3 anos na Irlanda).

Uma variável importante para quem vai fechar com agência, é a sua localização, pois caso queira conversar pessoalmente ou precise ir até ela para fazer algum tipo de reclamação mais séria, fica difícil se estiver localizada em outro Estado.

A maioria das agências não são muito famosas, por isso não têm filiais, sendo que a sua sede fica em algum Estado específico. Outras possuem sede no Brasil e na Irlanda, ou apenas na Irlanda. A que escolhemos, trabalha apenas com atendimento on-line (via msn, skype, chat, e-mail etc), o que a princípio nos deixou com receio, mas no fim, não foi impeditivo, pois vimos que todas a ferramentas de comunicação com eles funcionam bem e que o atendimento (pelo menos até o momento) não deixou a desejar.

Mas saindo um pouco dos nossos critérios de escolha, queria compartilhar com vocês a grande emoção que estamos sentindo, pois agora temos algo concreto em nossas mãos, vimos parte do dinheiro que guardamos com carinho para este projeto sair da nossa conta e temos uma data definida! Isso fez a nossa ficha cair de verdade!

E agora que já sabemos o local da escola, já podemos fazer uma pesquisa mais focada com relação à moradia. O único ruim é que vemos cada apartamento mais lindo que o outro e não podemos fazer nada…Mas Deus sabe o que faz e está reservando o nosso, com a nossa carinha…Rumo aos próximos passos!

15
set 2011
POSTED BY
DISCUSSION 14 Comments

Um ano para o intercâmbio, o que fazer?

Encontro E-Dublin no Finnegan’s Irish Pub

Uma coisa importante de se ter em mente quando se decide fazer um intercâmbio, é que ele começa no momento em que a decisão é tomada, o que acontece muitas vezes muito tempo antes do embarque. Então o que fazer nesse tempo todo que separa o presente do sonho de viver a experiência de  morar em outro país?

Guardar dinheiro

Sem dúvida essa talvez seja a atitude mais importante, já que tudo que envolve o intercâmbio requer dinheiro. São passagens, seguro saúde, hospedagem, curso, alimentação, muitas vezes em moeda estrangeira, o que para os destinos mais comuns como Canada, Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda e Austrália o brasileiro leva desvantagem no câmbio.

Enfim, economize o máximo que puder, já que é um hábito importante também durante a viagem.

Conheça o país do Intercâmbio

Outro ponto importante é conhecer bem o país onde se deseja viver a experiência, até mesmo para não criar uma expectativa errada e acabar frustrado. Nesse ponto é importante saber sobre o povo e sua cultura, clima, alimentação, fatores que vão fazer parte da sua vida durantes os meses fora do país e é o responsável por fazer muitos desistirem do sonho.

Interagir com intercâmbistas

Na internet é possível encontrar grupos em forma de fóruns, chats, blogs e listas de discussão de intercâmbio para qualquer país do mundo, sendo um lugar perfeito para compartilhar suas expectativas e tirar dúvidas. Nessas listas é possível encontrar pessoas que pretendem viajar, que já estão fazendo o intercâmbio, e muitas que já voltaram. É comum também encontrar representantes de escolas e agências, sempre dispostos a ajudar e fornecer informações.

Outro ponto legal das listas são os encontros, onde é possível ter um contato mais próximo com quem está vivendo o mesmo que você, trocar idéias, informações sobre preços, qualidade de atendimento e tirar qualquer dúvida que ainda restar.

Alguns dos blogs podem ser encontrados na barra lateral, em Outros pelo mundo.

Compar moeda estrangeira

E novamente a grana entra em cena. Aqui é importante ficar de olho na variação cambial da moeda, já que em um ano ela pode variar muito, e comprar sempre que estiver em baixa para ter uma reserva

Pesquise sobre a escola

E por último e não menos e importante, pesquise sobre as escolas onde você pretende estudar, já que existem inúmeras opções com diversos perfis de carga de estudo, preços e, algo muito comentado e criticado pelos intercâmbistas, a quantidade de brasileiros. Esse assunto merece um post exclusivo, já que inúmeros são os pontos a serem levados em consideração.

Pesquise também agências que trabalham as escolas escolhidas sempre atendando para o preço e a qualidade do serviço prestado. Aqui continua valendo a idéia de interagir com intercâmbistas, já que existe muita informação sobre as escolas nas redes sociais.

20
jul 2011
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 7 Comments