E-Dublin: você não está sozinho!

Quando se trata de fazer intercâmbio e viajar para outro país, surgem muitos sentimentos ao mesmo tempo: ansiedade, curiosidade, medo, dúvida. Será que vou conseguir me virar sozinho? Será que vou fazer amigos? Qual é a melhor escola em relação ao custo/benefício? Será que fecho direto com a escola ou por agência? Será melhor ficar em casa de família ou moradia estudantil? Estou levando dinheiro suficiente? O que levar na mala?

Já pensou quantas pessoas fazem intercâmbio e passam pelas mesmas dúvidas, anseios e medos? Não tem por que passar por isso e ter que decidir tudo sozinho. Mesmo com a opinião de familiares e amigos, o melhor é ouvir quem já esteve no seu lugar. E a internet é o melhor caminho! Existem diversos blogs, comunidades e sites onde são compartilhadas dicas e experiências de quem já esteve por todo o mundo.

Foi assim que conhecemos o E-Dublin (www.e-dublin.com.br), uma comunidade reconhecida, onde as pessoas que vão, estão ou já foram para a Irlanda, se ajudam, trocando informações. E foi a partir daí, que passamos a frequentar os E-Dublin encontros, que ocorrem geralmente em pubs (no nosso caso, frequentamos os de São Paulo).

Participam em torno de 2o pessoas, algumas já se conhecem de encontros passados e outras chegam receosas, um pouco tímidas, mas com o olhar de quem está louco para dividir seus anseios e ouvir de quem é experiente (e experiente não necessariamente é quem já esteve na Irlanda, mas pode ser aquele que depois de muita pesquisa, já está com tudo comprado e acertado para ir).

É um momento muito prazeroso, pois você vê que há outros no mesmo barco que você e se em algum momento você duvidou de sua escolha ou quase acreditou que tudo era uma loucura, ali você lembra dos motivos que o fizeram tomar essa decisão e se enche de coragem outra vez. Ou, pode fazer o papel de quem encoraja quem ainda tem dúvida e desperta naqueles que estão ali só como acompanhantes e nunca pensaram no assunto, o interesse ou a curiosidade.

E ao final, na hora de se despedir, pode ser que aquela pessoa de sempre, nem esteja mais no próximo encontro, pois a sua hora chegou. Daí, só nos resta dizer: “nos vemos na Irlanda!”, e deixar que novos encontros façam o tempo passar, até que chegue a sua hora de ir.

25
jul 2011
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 6 Comments
TAGS