Saudades do Brasil: Restaurantes

Pizzaria João do Grão

Apesar da pouca experiência que eu tive no exterior (México, Estados Unidos e Argentina), a partir de  filmes, blogs, revistas e conversas com pessoas que já estiveram em outros lugares, posso afirmar: a comida brasileira não tem comparação, principalmente em relação à variedade. Talvez não deva generalizar, pode ser que eu esteja me referindo mais a São Paulo e a outras grandes capitais, mas que seja, não há esta variedade e abundância de comida em qualquer outro lugar do mundo (me corrija se alguém tiver descoberto algum outro lugar que também seja assim).

Esta facilidade de encontrar a sua comida favorita dentre os mais variados tipos que nos são oferecidos, é algo que fará falta na Irlanda! O toque brasileiro nas comidas italianas, japonesas, indianas, mexicanas, etc., faz com que quem come as comidas em seus países de origem, não as ache tão gostosas como são no Brasil.

E pensando nisso, resolvemos incluir nossos restaurantes favoritos na lista de coisas que sentiremos saudades do Brasil.

Talvez para mim seja até mais difícil superar esta saudade da variedade de comidas, devido ao fato de eu ser vegetariana e encontrar em São Paulo, uma incrível gama de restaurantes que oferecem esta opção de prato. Quando viajamos para a Argentina, ficamos surpresos ao descobrir que numa das principais nações produtoras de carne, em todos os restaurantes que fomos, inclusive no Burger King (diferentemente do Brasil), há uma opção para os vegetarianos. Espero ser surpreendida positivamente em Dublin também!

Segue então a relação dos restaurantes dos quais sentiremos muita falta no Brasil e que não poderemos deixar de ir antes de partir:

Outback Steakhouse

Restaurante descontraído e aconchegante de estilo australiano, ótimo lugar para curtir com os amigos e comer os pratos clássicos como Bloomin’ Onion (cebola empanada apimentada) e Aussie Cheese Fries (batata frita coberta com chedder derretido). O chá de cranberry também merece destaque!

Casa Prema

Restaurante lacto-vegetariano estilo indiano, por kilo, com pratos súper variados e saborosos. O ambiente tem um clima muito tranquilo e relaxante, merecem destaque o chá gelado de limão, gengibre e mel. que fica na entrada para que as pessoas sirvam-se à vontade e a limonada indiana, uma das opções de suco do cardápio. De comida, vale a pena provar o subji  de couve-flor (cozido de legumes à indiana), a moqueca de cajú e a samosa (pastel de soja).

Pizzaria João do Grão e sua varanda encantada

Pizzaria vegetariana localizada numa mini vila, espaço bem arborizado, onde há um restaurante e uma sala onde há aulas de ioga. A pizzaria funciona no sistema de rodízio, a pizza possui massa fininha e o cardápio além de ser muito variado, é súper criativo, divertido e saboroso. Cada pizza tem um nome fantasia, por exemplo, a pizza doce de chocolate com côco ralado é chamada de Michel Jackson).

Tendai Sushi e Karaokê

Restaurante japonês localizado no Jardins, o rodízio tem uma variedade grande de opções, eles não demoram para servir e lá é feito o melhor shimeji na manteiga que já comi. O gengibre em conserva também é maravilhoso!

Gopala Madhava

Restaurante indiano vegetariano que oferece pratos à la carte, que variam a cada dia da semana, sendo que para cada dia há duas opções de prato e você pode pedir meio a meio, se ficar muito indeciso. O prato e bem servido e é sempre acompanhado de uma sobremesa e de suco, sendo este à vontade. A comida é muito saborosa e o ambiente é decorado com elementos indianos. Gosto muito do  Dahl (ensopado de lentilha ou grão de bico para comer com o arroz, o até sozinho) e da Pakora (legumes empanados com especiarias).

Como podem ver, a maior parte dos restaurantes é de comida estrangeira (australiana, indiana, japonesa, italiana e mexicana). Não que a comida brasileira não fará falta, é que para a brasileira, não temos um restaurante favorito e provavelmente falaremos dela no post Saudades do Brasil referente às comidas das quais sentiremos falta.

Sabemos que na Irlanda não há o costume de se comer fora, as pessoas fazem as refeições em sua maioria em casa, portanto, acho que não teremos muitos restaurantes favoritos por lá, mas teremos que descobrir os gostos que mais irão nos agradar e fazer do nosso lar, o nosso restaurante favorito!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
22
dez 2011
POSTED BY
POSTED IN Curiosidades
DISCUSSION 8 Comments

8 Responses to : Saudades do Brasil: Restaurantes

  1. Liliana disse:

    oi, Carla!
    Na nossa viagem (eu e meu marido) de férias à Irlanda (em agosto de 2011), pudemos perceber e conhecer um pouco dos costumes irlandeses em relação à alimentação. O que mais vcs irão encontrar é o bacalhau fresco, que é uma delícia e é vendido em muitas redes de lanchonete, tipo Mc`Donalds. Agora é preciso ficar atento:os irlandeses não jantam tarde. A maioria dos estabelecimentos comerciais que servem alimentação ficam abertos (no máximo) até às 22h. Se quiser comer algo na rua depois deste horário, não vai encontrar!
    Estou gostanto do blog e se quiserem saber de algumas dicas (de passeios, principalmente) em outras cidades, temos várias.

    Abraço!

  2. Liliana disse:

    O link da rede que comentei acima (onde comemos o fish and chips de bacalhau fresco) é :
    http://www.supermacs.ie/
    Se quiserem, podem dar uma olhada no menu. A rede tem lojas quase na Irlanda toda.
    Beijos.

    • Carla Marina disse:

      Olá Liliana, obrigada por acessar nosso blog e valeu pela dica! Não tínhamos ouvido falar dessa rede de fastfood ainda, entrei no site que nos enviou. Com relação ao fish and ships de bacalhau fresco, deixo a sugestão para meu marido, pois eu não como peixes também, além da carne…Mas certamente vou provar a babatinha com curry!
      Para conhecer no geral os principais pontos de Dublin, pensamos em pegar aquele ônibus turístico, o que acha? De que lugares vocês mais gostaram?
      Ah, que legal que está gostando do blog, não vemos a hora de postar sobre as nossas vivências por lá! Esperamos que continue nos acompanhando! Abraços!

  3. Liliana disse:

    Oi, Carla. Dublin tem duas linhas de ônibus turísticos – um verde e outro vermelho. O verde é o melhor, embora os dois tenham itinerários bem parecidos.

    Dublin tem muitos lugares maravilhosos pra se visitar… O Museu Arqueológico é fantástico. Aliás, a cidade tem vários museus interessantes, como o Writer’s Museum (dedicado aos autores e poetas irlandeses) e o Natural History Museum, que foi recentemente reformado. O museu da Collins’ Barracks também é muito bom, bem como o Dublinia, que é o museu medieval e viquingue, que conta muito sobre a história da cidade (inclusive o vídeo que vocês postaram de uma moça andando de bicileta é próximo do Dublinia – as placas de metal do chão reproduzem artefatos viquingues que foram encontrados naquele local e estão hoje no museu arqueológico).

    Você também pode visitar a Kilmaihan Gaol, a antiga prisão onde ficaram presos e foram executados os heróis da independência da Irlanda.

    A cidade tem muitos belos parques, como o St. Stephen’s Green e o Phoenix Park (que é enorme; vocês vão precisar de vários dias para percorrê-lo).

    O Dublin Castle também é interessante. As igrejas medievais da cidade também são magníficas, tanto a Christchurch Cathedral quanto a St. Patrick’s (aliás, o serviço de Evensong da St. Patrick’s é lindo – assistam, se puderem).

    A cidade também tem vários monumentos dedicados à Grande Fome do século XIX. além de muitos artistas e poetas locais, como Phil Lynott e James Joyce.

    E não deixem de assistir o Riverdance no Gaiety Theatre, se estiver em cartaz! É programa obrigatório.

    Além disso há muitos outros lugares fora da cidade, mas dou as dicas na próxima vez.

    Abraços,

    Liliana e Ricardo (que contribuiu muito com as dicas dessa mensagem)

    • Carla Marina disse:

      Olá Liliana e Ricardo! Nossa, muito obrigada pela dedicação em nos passar tantas dicas, que bom que ficarão aqui no blog registradas para quando eu precisar consultá-las e para que outras pessoas também as vejam! Outra coisa boa é que teremos bastante tempo para explorar a cidade, pretendemos ficar pelo menos 2 anos por lá, então quanto mais dicas recebermos melhor! Abraços!

  4. Liliana disse:

    Em Galway, cidade praiana, um restaurante muito bom e que com certeza vai matar um pouquinho da saudade de casa é o Rosteria da Roberta e pizzaria da Roberta. É um delicioso e aconchegante restaurante italiano. Comi um puro e simples espaguete ao sugo. O próprio dono que nos atendeu disse: Hum, pedido interessante! O prato é gigantesco e comi com gosto. Vale a pena. Visite:

    http://darobertasalthill.com/default.aspx

    Abraço.

  5. Carla Marina disse:

    Huuummm, vai ser bom matar um pouco da saudade dos bons restaurantes de SP, valeu por mais uma dica! Abraços!

  6. Guilherme disse:

    Poxa, AMO o Gopala Madhava, costuma frequentar pelo menos uma vez por semana quando trabalhava na regiao da paulista! Estou indo pra Dublin ano que vem, espero encontrar voces aí para cantarmos o maha-mantra haha, até lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *