Retrospectiva 2013

retrovisor_passado

É incrível como tantas coisas podem acontecer em poucos meses, quem dirá em um ano! Posso dizer que 2013 foi um ano pra lá de especial, cheio de desafios, conquistas, novas amizades, aprendizados e momentos importantes que aconteceram com pessoas queridas no Brasil e que não pude acompanhar de perto, mas que reconheço ser o custo de estar vivendo aqui!

Este post é muito importante para mim, pois além de ser um exercício de relembrar tudo o que passei e avaliar o quão positiva está sendo minha experiência na Irlanda, é uma forma de compartilhar tudo isso com os familiares e amigos, e também apaziguar o coração deles. E é claro, quanto a vocês, leitores, é uma maneira de lhes mostrar que nós é que construímos a nossa experiência por meio das nossas escolhas, interesse e força de vontade.

Então lá vai o meu resumão:

Aspecto profissional:

1) Atuei como voluntária, pelo segundo ano consecutivo, no Young Environmentalist Awards, promovido pela ECO-UNESCO

Neste trabalho tenho a oportunidade de conhecer o trabalho que as escolas da Irlanda tem feito na área da Educação Ambiental, além de ter contato com os jovens por meio de atividades como o artesanato com material reciclável.

YEA ecounesco

2) Concluí meu primeiro curso aqui na Irlanda, o “Introduction to Sustainable Development”, acreditado pelo órgão de qualidade daqui, pelo qual recebi certificação nível 5, um nível abaixo do máximo.

certificado

3) Fui eleita Diretora Comunitária da Junior Chamber International Dublin – JCI Dublin, organização focada no desenvolvimento pessoal e profissional de jovens e na melhoria da comunidade.

Lembro que a eleição para o cargo, que é voluntário, foi a primeira vez que me expus para falar inglês em público, estava mega nervosa e até levei meu discurso no papel. Mesmo lendo senti que foi horrível, mas ainda assim me deram um voto de confiança e agarrei esta oportunidade com unhas e dentes, tentando fazer o melhor trabalho possível.

4) Como Diretora Comunitária da JCI Dublin, pela primeira vez na vida liderei um projeto, neste caso foram 2, o Ten Outstanding Young Persons of the  World – TOYP, voltado ao reconhecimento de jovens irlandeses que se destacaram em seu ramo de atuação; e o Active Citizenship Week – ACW, voltado para a melhoria de problemas identificados na comunidade. Neste projeto específico, liderei um time de 10 pessoas de diferentes nacionalidades. Sob a liderança do TOYP consegui, com a ajuda de nosso time, 3 vencedores locais e 2 vencedores nacionais, o que foi um feito para a JCI Dublin. Sob a liderança do ACW, geri 4 sub-projetos ao mesmo tempo e todos form bem sucedidos, com destaque para o Fashion Show com roupas de brechó.

fashion show

5) Todos o meu esforço e dedicação como Diretora Comunitária e como membro da JCI Dublin em 2013, me fizeram ser reconhecida como “JCI Ireland 2013  Most Outstanding Member”, ou seja, o melhor membro de todas as unidades da JCI da Irlanda e também ganhar o “7 steps to success awards”. Já o projeto do ACW que liderei foi reconhecido como o melhor da Irlanda em 2013.

eu award

6) Ao lado do meu amigo Thaynan, que foi a pessoa que me apresentou a JCI quando nos conhecemos na Irlanda, fui mestre de cerimônia pela primeira vez na minha vida, e ainda por cima em inglês, para convidados de todas as JCIs da Irlanda, numa cerimônia súper importante para a organização, o jantar de gala da Convenção Nacional.

mcs

7) Em parceria com a JCI Mayo, consegui mobilizar cerca de 10 pessoas que, ao todo, doaram 67 sutiãs para serem enviados a mulheres da África para começarem o seu próprio negócio.

sutiã

8) Em um trabalho em equipe, com a ajuda principalmente da Alex, outra brasileira que atua na JCI Dublin, fizemos uma festa de Natal muito bonita e cheia de atrações, com direito a música ao vivo, jantar, comediante e brincadeira de amigo secreto ladrão.

natal

9) Após concluir meu ciclo como Diretora Comunitária da JCI Dublin, me desafiei novamente e fui eleita à posição de Diretora  Comunitária da JCI Irlanda de 2014.

10) Fiz o primeiro flash mob da minha vida, num lugar súper movimentado, perto da Grafton Street. Foi uma ação em parceria com a JCI Londres, para comemorar o dia mundial da paz. A organizadora foi a Heloiza, outra brasileira que faz parte da JCI Dublin. Uma experiência única, que exigiu muito desprendimento e coragem!

flash mob 3

11) Consegui o meu primeiro emprego na minha área, um estágio numa organização chamada GIFSC, voltada para a promoção da “economia sustentável” na Irlanda. Fui contratada para ajudar a construir o conteúdo de um grande evento que aconteceria em dezembro, o “Sustainability Gathering”. Confesso que foi muito difícil no começo, a equipe era composta por 4 pessoas, todos irlandeses e sofri muito para entender o sotaque da maioria deles, incluindo o meu chefe. Além do problema de comunicação, vários outros perrengues que passei me faziam pensar em desistir todos os dias, mas com o apoio de várias pessoas acabei resistindo. No fim as coisas melhoraram bastante, fui me sentindo mais segura, contribuindo mais, e o resultado foi maravilhoso. O “Sustainability Gathering” aconteceu no dia 12 de dezembro e foi um sucesso, deu tudo muito certo e fiquei muito feliz por ter feito parte do processo. Ah, de quebra ainda tirei uma foto com o técnico do time sênior de futebol gaélico da Irlanda, segurando a taça que o time conquistou em 2013 (o futebol gaélico é o esporte tradicional dos irlandeses, ao lado do hurling).

gifsc

12) Conheci uma pessoa muito especial, a Neoma, de São Paulo, que possui formação na área ambiental, como eu, é bem parecida comigo em vários sentidos, e que me deu o empurrão que precisava para, finalmente, colocar em prática a minha vontade de abrir meu próprio negócio na área da sustentabilidade. Ainda estamos bem no começo do processo, mas quando der tudo certo, conto detalhadamente para vocês!

neoma

Aspecto pessoal:

1) Desculpe, mas não tem como não falar da JCI, pois ela foi o principal canal para que eu conhecesse pessoas do mundo todo, sendo que muitas delas se tornaram bastante especiais para mim: Thaynan, Laura, Aoife, Chris, Franciska, Julien, Laurynas, Jani, Winston, Matthias, Ronan, Aidan, Patricia, Alex, Silvija, Jean, Mark, Michelle, Crista, Heloiza, dentre muitos outros.

2) Digo que meus amigos daqui, acabam sendo a minha família e sou muito grata por ter essas amizades, com quem posso sempre me reunir e falar besteira na minha língua, fazer comentários de coisas comuns do nosso passado, da nossa cultura, fazer coisas que gosto, como jogar board games e ir ao cinema, em fim, me sentir em casa. Gaba, Alícia, Thais, Gabriel, Caius, Glaucia, Jú, Jeff, Quel, Felipe, Neoma e Edgar, obrigada por todos os momentos juntos!

amigos

3) Conheci dois países maravilhosos, Espanha e Portugal, podendo comer uma comida boa de verdade (desculpe, mas a comida é uma das coisas que não gosto da Irlanda), matando a saudade da praia e do calor, passando ótimos momentos com meus pais na Espanha e tirando meu preconceito de Portugal (pensava que o povo não seria receptivo, que o país não seria bonito e que não teria atrativos e foi totalmente o oposto). Certamente voltarei aos dois países e recomendo a todos que quiserem visitar!

papais

4) Fiz uma viagem pela Irlanda com os amigos de carro, uma experiência maravilhosa e muito marcante. A Irlanda é mesmo linda, suas ruínas, casinhas e bairros afastados e encantadores, paisagens de filme e tudo somado à companhia dos amigos, bom demais! É claro que sempre tem um perrengue ou outro, como se aventurar a conhecer uma ilha num barquinho nada seguro, sem colete salva vidas, num tempo horrível com o mar agitado, passando mal a viagem inteira e achando que aquele seria o último dia de minha vida. Mas depois de sobreviver, ter esta história para contar e esta experiência pra não me deixar cometer o mesmo erro de novo!

amigos viagem

5) Minha prima Jú ficou grávida da Duda, uma alegria imensa para a família! Eu não pude comparecer ao chá de bebê e nem estarei lá quando ela nascer. Da mesma forma, a Valentina, filha de uma das minhas melhores amigas do Brasil fez aniversário de 1 ano e só pude acompanhar pelo celular. Estar longe da família e dos amigos, principalmente em momentos como esses, é o que mais pesa de estar aqui é mais um motivo para fazer valer muito nossa escolha de morar em outro país!

Valen

Passar tudo o que passei, fazer tudo o que fiz e chegar até aqui, me sentindo feliz e orgulhosa, vendo o quanto cresci e podendo olhar para trás e dizer que tudo valeu a pena, só foi possível graças ao amor, carinho e amizade do meu marido, o qual amo cada vez mais e ao qual sou muito grata! Valeu parceiro!

nós amor

Não quero parecer arrogante, parecer que estou “me achando” ou qualquer coisa assim, só quero que vocês vejam que tudo é possível quando corremos atrás e que nada disso foi fácil, eu chorei, quis desistir, achava que eu não era boa o suficiente, tive medo de enfrentar meus medos, de me expor, de falar errado, de não dar conta do recado, mas encontrei forças e fui em frente, por tudo o que deixei no Brasil, pela minha família, pelos meus amigos, pelo meu futuro.

Que venha 2014 e seus novos desafios, pois a minha lista de metas está grande :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
15
dez 2013
POSTED BY
DISCUSSION 19 Comments
TAGS

19 Responses to : Retrospectiva 2013

  1. Jeany says:

    Nossa, Carla. Eu tambem nao consigo ficar parada. Espero ter uma trajetoria linda como a sua quando eu chegar ai. Eu sou da area de nutricao e acho que posso ajudar bastante e aprender. Nunca parei de estudar e pesquisar. Espero poder crescer e dar minha constribuicao. Legal saber que temos oportunidades como a que voce nao deixou simplesmente passar…mas as agarrou com honra. Espero, ainda, poder conhece la quando eu chegar com meu marido no final de fevereiro. Sigo voces no youtube tbm e agora entendi pq voces nao conseguem alimentar o youtube como antes. Mas por uma boa razao, nao

    • Carla Marina says:

      Oi Jeany, que bom que é assim, que você consiga realizar muitas coisas aqui na Irlanda :)
      É, estamos com muitos vídeos parados para editar, realmente nossa vida está bem corrida, mas vamos tentar atualizar nosso canal até o começo do ano que vem!
      Abraços e boa sorte com tudo!

  2. Michelly Oliveira says:

    Olá Carla!

    Parabéns por tudo o que vc conquistou…tenho certeza que muitas outras coisas boas ainda estão por vir.
    Conheci a página de vcs em Agosto quando decidi vir para a Irlanda e, desde então sempre que vcs postam algo, estou por aqui para conferir.
    Cheguei em Dublin há dois meses e, lembro que antes de vir pensava muito em te procurar quando chegasse por aqui pois achei bem interessante os projetos nos quais vc se inseriu por aqui.
    Eu sou Assistente Social de formação e ano passado tive que trancar o MBA em Gestão Ambiental, mas confesso que tenho um fascínio pela área e sonho um dia atuar com as duas vertentes que na verdade não podem se separar: Social x Ambiental.
    Vamos tentar marcar um café para nos conhecermos e trocarmos umas ideias, que tal?
    Abração e que venha um 2014 de muitos desafios e conquistas!

    • Carla Marina says:

      Oi Michelly, tudo bom?
      Legal também ter paixão pela área socioambiental, podemos conversar sim! Minha percepção é que aqui (e me parece que na Europa em geral) eles são muito focados na área de energia limpa, a qual reconheço a importância, mas não é muito o que gosto. Por isso, como você deve ter visto no meu post, fico caçando oportunidades de trabalhar com o que eu gosto por meio de trabalhos voluntários. Este fim de ano e começo do ano que vem estarei na correria, porque meus familiares passarão um mês aqui, mas depois podemos tomar um café sim! Me mande uma mensagem pela nossa página do Facebook (https://www.facebook.com/mundoadois?fref=ts) em fevereiro! Abraços e boa sorte com tudo por aqui!

  3. John says:

    Olá! desculpe meu português não é muito bom. Eu queria que você sabe que não é um aplicativo novo que pode ajudar seus assinantes com a imigração. sua no iPhone, a sua chamada IRISH IMMIGRAITON APP

  4. Paulo Farkas says:

    Ola Carla e Bruno.

    Parabéns pelo blog, muito bom.
    Eu estou indo para dublin com a minha namorada no mês que vem também e eu estava procurando informações em sites e blogs, e encontrei o de vcs… E inacreditável foi reconhecer que estudei com vc na Fudacao e que sua mãe me deu aula rsss…

    Eu trabalho com TI tb e estou indo com passaporte europeu que tenho, como faco para conversar com seu marido e tirar algumas duvidas que tenho?

    Mais uma vez parabéns pelo site de vcs!!!

  5. Marcos says:

    Oláá Bruno e Carla, tudo bem?!

    Estou com uma dúvida, sou brasileiro e tenho cidadania Portuguesa e vi que após 5 anos de residência na Irlanda posso dar entrada na minha cidadania Irlandesa, você sabe se com isso eu perco algumas das minhas nacionalidades ou eu simplesmente adiciono a irlandesa e fico com Tripla nacionalidade?!

    Obrigado!!

  6. Marina Duarte says:

    Oi, bom bia!

    Eu estou fazendo minha monografia sobre o St. Patrick’s Day em Dublin e fui aos blogs para enviar para as pessoas que moram aí e também porque seria mais fácil de compartilhar.
    entao eu gostaria que vc respondesse pra mim esse questionário por favooor, é bem rapido,
    não mais de 3 min.. e é bastante dinâmico tbm!!

    E vc puder compartilhar isso com seus amigos ou no seu blog, seria ótimo! Vai me ajudar muito!

    https://docs.google.com/forms/d/1P9sykyrHcf0wC1W-6y5i6HPd9FRpFL-LfHRkD1ek8uM/viewform

    Thank you!!

    • Carla Marina says:

      Marina, tentei responder, mas quando coloco que minha nacionalidade é outra, que não a brasileira, já que estou aqui como italiana, passo para a página seguinte que diz que, caso eu seja irlandesa, devo responder as próximas questões. Como não sou irlandesa, tento finalizar sem responder e ele não deixa…estou fazendo algo de errado?

  7. Amanda says:

    Oii Bruno e Carla,

    Estou residindo na Irlanda com o meu marido brasileiro que tem cidadania portuguesa, vou solicitar meu Stamp 4 está semana, mas ainda preciso de um seguro saúde, gostaria de saber qual dos três planos que você recomendou em seu blog seria o melhor??

    Também gostaria de saber qual o plano de vocês e se funciona bem??

    Obrigado!!

    • Carla Marina says:

      Oi Amanda, tudo bom? Quando pesquisamos achamos que o melhor seria o Aviva, estamos com o Level 1 Hospital, que é o mais básico e pagamos pouco mais de 100 euros para os dois por mês. Não sei se é o melhor, mas é bem renomado. Ainda não fomos a nenhum médico utilizando o seguro, por isso não podemos afirmar se funciona bem ou não…Abs!

  8. Luiz Nunes says:

    Carla! parabéns! tenho visto tudo que vocês postam, tudo mesmo, e dá orgulho de ver nossos brasileiros fazendo sucesso no exterior.
    Posso dizer que sou fã de vocês, e mesmo eu não tendo cidadania europeia eu já fechei meu curso de inglês pra ir pra Irlanda em 2015 e sei que mesmo “recomeçando” a minha vida aí eu farei com vontade e garra, imagino que vou passar perrengue, mesmo largando minha vida confortável de São Paulo, com um maravilhoso emprego, mas sei que terei muito o que aprender por aí e também imagino que mesmo trabalhando em sub emprego e ganhando como estudante, acho que terei mais qualidade de vida do que tenho por aqui devido a esta loucura que é sp.
    só posso agradecer a vocês por todos os posts dando dicas, conselhos e até nos mostrando um pouco mais da realidade da Irlanda.
    Cada dia que passa fico contando os minutos, os dias, os meses para que passe rapidinho e chegue logo o momento de eu embarcar praí.
    Mas enquanto isso não acontece, continuo aqui acompanhando vocês e vendo todas as coisas legais que fazem e conquistam.

    Agradeço mais um vez por nos dar a oportunidade de mostrar e de alguma forma ajudar pessoas que vão começar essa jornada.

    forte abraço a você e sucesso hoje e sempre!

    Luiz Nunes

    • Carla Marina says:

      Olá Luiz, tudo bom?
      Muito obrigada pelo seu comentário, sempre nos alegra saber que ajudamos e inspiramos as pessoas a arriscarem novos desafios e experiências! Só podemos dizer que tudo vale a pena e que não nos arrependemos de nada!
      Viva cada momento de preparação, se planeje direitinho, tenha claro os seus objetivos e não tenha medo! Sempre recomendaremos essa experiência para qualquer um que nos perguntar, vale muito a pena!
      Abraços e boa sorte com todo o processo!

  9. vivian kaulitz says:

    Olá Carla tudo bem? Gostaria de saber se no final do ano passado houve neve ai na irlanda?

    • Carla Marina says:

      OI Vivian, tudo bom?
      Não teve não, inclusive meus sogros estavam aqui e achamos que eles veriam, mas não teve nadinha…rs. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *