Quanto custa fazer a feira na Irlanda

Com a viagem cada vez mais próxima, a ansiedade vai aumentando e a curiosidade de sentir como é viver em Dublin é cada vez maior. Com isso, a internet tem sido uma grande companheira, me ajudando a matar um pouquinho dessa curiosidade.

Por ser vegetariana, uma das coisas que me deixava muito curiosa (e preocupada, acima de tudo)  era o preço dos legumes e frutas em Dublin. Então resolvi fazer uma comparação tomando como base os preços da TESCO, que  é a rede de supermercados mais famosa, pelo menos entre os brasileiros que vivem em Dublin, e pegando como referêcia no Brasil, o site da CEAGESP, que é a maior feira que conheço de São Paulo (não quis pegar de nenhum supermercado porque os preços variam muito de um para o outro).

Para você que também está curioso, segue uma tabela comparativa com alguns exemplos:

PRODUTOS TESCO (€/kg) CEAGESP (R$/kg)
banana prata 1,25 1,56
maçã fuji 3,29 2,66
laranja comum 1,47 2,7
limão comum 4,48 1,5
uva verde 4,98 3,2
mamão papaya (unid) 1,99 1,5
tomate 2,49 1,31
cenoura 1,19 0,93
vagem 2,49 2,4
ervilha 11,95 8,14
beterraba 1,78 0,72

Se você transformar os valores de euro para reais, talvez caia para traz de susto, como aconteceu comigo, pois verá que os preços na irlanda serão mais do que o dobro do que no Brasil! Mas não podemos esquecer de que embora os produtos pareçam ser mais caros, o salário mínimo dos irlandeses também é maior, como já foi relatado em Custo de Vida de Dublin é mais caro que em São Paulo?

Ou seja, supondo  que um brasileiro faça uma compra no CEAGESP e leve tudo o que está na tabela, considerando o salário mínimo atual, R$622,00, ele gastará 4,28% do seu salário. Já o irlandês, considerando o salário mínimo atual de € 1.224,00,  gastará 3, 06% de seu salário.

Agora eu também não sei se a TESCO é o melhor lugar para comprar frutas e legumes, como uma boa vegetariana estou pesquisando outros lugares e farei o mesmo quando chegar lá. E claro, se eu descobrir um lugar mais em conta, vocês logo saberão!

Foto: eVidaSena.com 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
16
jan 2012
POSTED BY
POSTED IN Curiosidades
DISCUSSION 12 Comments

12 Responses to : Quanto custa fazer a feira na Irlanda

  1. Marli Oliveira says:

    Oi Carla td bem ?? Como estão os preparativos ?? Eu também fiquei bem preocupada com a alimentação, mas a minha amiga que mora lá disse que dá pra consumir frutas e legumes etc… outro dia eu até ví um posto do andré com chuchu por um euro rsrsr, se eu estivesse lá já ia levar uma sacola viu , porque eu adoro chuchu de tudo quanto jeito… bjs

    • Carla Marina says:

      Oi Marli, tudo bem e você? Nossa, estou muuuito ansiosa, até dormindo mal…rs.
      Estamos com tudo em ordem, falta comprar os remédios e uma coisinha ou outra, mas tá tdo praticamente pronto!
      É, fiquei aliviada depois que pesquisei sobre os legumes e verduras, no fim, a maioria das coisas que como aqui, vou conseguir comer por lá (pode ser que o gosto seja meio diferente, mas a gente se adapta!) E vc, como estão os preparativos? Bjs!

  2. Marcelo Silva says:

    Olá Carla Marina, tudo bem?
    Parabéns pelo blog.
    Vou fazer um intercâmbio de apenas um mês em Dublin, foi o que o dinheiro deu para fazer (rs kkk), e que será em Abril de 2012.
    Sou carioca e irei pela agência “World Study”, ficarei em casa de família e vou estudar na “English in Dublin.
    Estou super ansioso, pois já está chegando a hora. rs kkkkk
    Será que passar pela imigração não terá nenhum problema?
    Estarei documentado e levarei uns 1.200,00 Euros, mas meu inglês é basicão. rs kkkk
    Você tem idéia de que tipo de perguntas eles fazem lá na hora?
    E vocês, quando vão?
    Beijos 1000 e aguardo retorno.
    Marcelo

    • Carla Marina says:

      Olá Marcelo, que bom que gostou do blog e obrigada pela visita! Olha, se você está com toda a documentação certinha, não terá problemas. O que eles querem ver principalmente é a comprovação de que você vai estudar (então a carta da escola é fundamental) e a comprovação de que você tem onde ficar (portanto a carta da família também é fundamental). Como você tem tudo para comprovar que vai ficar só um mês, é mais fácil ainda, acredito que não terá problema nenhum na imigração! E não esquenta com o inglês, eles devem até estar acostumados com o tanto de brasileiro que vai para lá e que não sabe falar inglês fluente. Quero aproveitar para te dar uma dica: não conheço a escola onde você vai estudar, mas como vai ficar só um mês, tente ao máximo não falar em português, se tiver muitos brasileiros estudando nela. E o mesmo na casa de família, se tiver mais estudantes morando lá, e algum for brasileiro, evite falar português, porque é sério, tem muito brasileiro por lá e fica fácil se acomodar e conversar em português! Então se o seu objetivo é realmente treinar o inglês e não só passear, faça valer o seu investimento!
      Nós vamos no final de fevereiro, imagina como estamos ansiosos!!!
      Abraços e não deixe de conferir nosso blog!

  3. Natália Peres says:

    Olá,
    Parabéns pelo blog. Então também sou vegetariana, de vez em quando me rendo a comida japonesa, e estou muito preocupada com a alimentação lá também, mas conversando com um amigo que fez intercâmbio, ele me disse que na Irlanda tem uma feira toda semana em Dublin 1 e que é mais barato, principalmente se chegar no fim da feira que é quando eles fazem as promoções… rs

    • Carla Marina says:

      Oi Natália, obrigada por acessar nosso blog, esperamos que esteja gostando!
      Então, se você ainda come frutos do mar, é sempre mais fácil, mas quando não, como é meu caso, dificulta um pouco…Fiz algumas pesquisas e encontrei um mercado, que é uma espécie de feira, que vende várias coisas para vegetarianos, mas ainda quero encontrar as feiras tradicionais, como a que seu amigo descobriu, pois realmente os produtos devem ser mais baratos! Provavelmente vamos morar em Dublin 8, vou ficar atenta se encontro algo por lá também! Ah, e quando chegar, pretendo abrir uma série de posts sobre vegetarianismo na Irlanda, acompanhe! Abraços!!

  4. arthur neto says:

    Boa noite Bruno e Carla, estou indo para a Irlanda em Agosto e gostei muito do vídeo no youtube e o Blog, por começo tenho ainda muito receio devido a crise na união europeia, meu ingles apesar de anos de estudos na hora do “vamo ver” acho que vo da uma esquecida no começo, porém to com “foco” para o trabalho, minha pergunta é: tá compensando ir agora devido as olimpiadas em Londres? ou vai ser dicifil encontrar algum subemprego. Att

    • Carla Marina says:

      Olá Arthur, tudo bom?
      Então, vagas para subemprego há de monte, não vou negar que a concorrência é grande, muitos brasileiros, italianos, venezuelanos, e mesmo irlandeses concorrem para vagas de “subemprego”. O que tenho percebido é que fica mais fácil de conseguir quando se tem indicação, porque eles prezam muito pela questão da confiança na pessoa. Outra coisa importante é você ir pessoalmente levar o seu CV e não ficar só enviando pela internet. Mas é fato que no verão, por exemplo, será muito mais concorrido e ficará mais difícil de conseguir alguma coisa. Já estamos percebendo nas escolas a chegada de estrangeiros. Não sei se as Olimpíadas terão impacto na concorrência de empregos, mas só o fato de o verão estar chegando já influencia…

  5. claudia says:

    Ola, boa tarde,
    Estou pensando em passar um ano em dublin entrando como turista, já tenho uma amiga que mora lá E Tenho uma pensão no Brasil que equivale a uns 1.300,00 euros.
    Será que terei problema com a imigração ? esse valor comedidamente dá para sobreviver ?
    Vi preços de aluguel em torno de 900, 00 euros que vou dividir com uma pessoa. Voce tem noção de preços de cursos de ingles e gastronomia na Irlanda ?
    Bem agradeço desde já toda a juda que puder me orientar.
    Claudia

    • Carla Marina says:

      Olá Cláudia, desculpe a demora em responder, achei que já tínhamos respondido seu comentário! Então, se você entrar como turista, só tem direito de ficar aqui por um mês, depois terá que viajar para outro país da Europa e voltar para renovar o visto. O aluguel você consegue encontrar mais barato, dividindo apartamento com mais pessoas, dá pra pagar até 250 a 300 euros com internet e contas de gas e internet inclusas (aí só vai ter mais o gasto com mercado, que deve dar em torno de uns 100 euros por mês). Não sei o valor dos cursos de gastronomia aqui, nunca pesquisei…Quanto aos cursos de inglês, não sei quanto fica fechando direto com a escola, seria interessante você entrar em contato com as mais famosas e perguntar (NED, SEDA, English in Dublin, ECM College, etc). O nosso curso saiu bem barato, talvez o mais barato de todas as escolas (R$1.800,00 por pessoa, sendo 6 meses de curso e 6 meses de férias, 15 horas semanais). Depende muito se você quer uma escola forte ou uma mais básica. Abraços!

  6. Renata says:

    Oi Carla, sei q faz um tempinho ja este post, e como vc ja foi p Dublin pode me dar um help, vou p Dublin em maio de 2013 e não quero engordar, não sou vegetariana, mas minha alimentação é a base de frutas, verduras e legumes, vou sofrer muito se não achar alface, por exemplo… qual é o melhor lugar pra fazer a feira em Dublin? Será que vale a pena levar umas sementinhas na mala?

    • Carla Marina says:

      Oi Renata, tudo bom?
      Fique tranquila, aqui tem muitas opções de legumes, frutas, verduras, etc, além de lojas de produtos naturais. Dentro dos mercados comuns você já encontra algumas opções, outros lugares interessantes também são os mercados asiáticos. No entanto, acredito que o lugar mais em conta e onde encontrará mais opções para fazer esse tipo de compras é na feira livre que acontece todos os dias (se não me engano), na primeira travessa da Henry St, vindo da O’Connell, uma das ruas mais famosas de Dublin. Abs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *