Nova utilidade para o cutucar do Facebook

O famoso Cutucar do Facebook, do inglês Poke, sempre foi pra mim uma uma funcionalidade inútil, quase que uma tentativa de ser um microblog dos microblog. Se nas redes sociais modernas, os conteúdos compartilhados se limitam a poucos caracteres ou até mesmo a uma imagem, a cutucada é algo tão extremamente minimalista que o primeiro pensamento que vem à cabeça é: fodeu, agora que a humanidade vai ladeira abaixo!

“Quando criamos o cutucar, pensamos que seria legal ter uma funcionalidade sem propósito específico…”
– Tópico de Ajuda do Facebook

Enfim, a funcionalidade não é de hoje, e conforme a citação acima ela foi criada sem propósito algum, ficando a cargo dos usuários usá-la da forma que quiserem. Mas porque diabos alguém cutucaria quem está quieto? Já diria o dito popular “não cutuque a onça com vara curta” ou no inglês “don’t poke the bear”. Independente de ser um urso ou uma onça, porque diabos alguém quer ser tucutado?

Na minha cabeça, sempre imaginei que esse poke, sem tradução na época, era alguma espécie de flerte para os tímidos do facebook. Mas porra, se já existe uma barreira enorme protegendo o cabra, porque diabos o féla ficaria tímido ao cantar uma garota, se o cara mal consegue deixar uma mensagem, como tal sujeito conseguiria chegar pessoalmente em seu alvo, vai saber.

Bom, eu finalmente achei uma utilidade para essa parada bizarra. Há alguns anos, principalmente após ter saído de casa e ter me casado, percebi que o contato que se tem com os pais cai drasticamente, desde a convivência diária que se perde até a quantidade de satisfação do que você faz, reduzem a praticamente zero. Hoje ela é limitada a comunicar apenas mudanças muito grandes na rotina, como viagens ou incursões a lugares potencialmente perigosos, tudo para não acabar como Aron Ralston, o alpinista que ficou 127 horas preso em um desfiladeiro sem ninguém ao menos saber que ele tinha saído de casa.

Mas voltando à cutucada, a utilidade que minha mãe encontrou para o recurso minimalista do Facebook é de usá-lo como um PING para filhos. Geralmente eu fico dois ou três dias sem conversar com ela por telefone, mas como ambos estão praticamente sempre conectados, a cutucada acaba servindo como um “está tudo bem?” e a resposta é um “sim, está!”, e isso se repete quase que diariamente. O engraçado é que eu só fui sacar isso alguns meses depois.

E vocês, para que usam a cutucada?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
11
dez 2011
POSTED BY
POSTED IN Curiosidades
DISCUSSION 3 Comments
TAGS

3 Responses to : Nova utilidade para o cutucar do Facebook

  1. Thais Tarmann says:

    Hahaha, a mãe também me cutuca todo dia! Ela adora ficar fuçando o Facebook e no dia que ela descobriu o “Cutucar” foi uma alegria só. Não entendo o porque ela ficou tão feliz em descobrir como cutucar as pessoas, mas talvez seja realmente um ping pra saber como estamos, embora as vezes ela chegue no meu quarto e pergunte “Porque você ainda não me cutucou de volta? :/”

  2. Mauve says:

    I feel so much happier now I unatdsernd all this. Thanks!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *