Mercado de trabalho na Irlanda: subemprego e trabalho na área

brú

Chegou a hora de falar sobre um tema que talvez seja o que mais preocupa os intercambistas e do qual eles mais querem ouvir falar, já que é crucial para a vida deles fora do Brasil: o mercado de trabalho.

Neste primeiro vídeo falamos do mercado de trabalho de uma forma mais geral, sendo que nos próximos focaremos no mercado de trabalho da área de TI, já que é a área de trabalho do Bruno e ele pode fornecer informações mais detalhadas e concretas. Confira então o primeiro vídeo da nossa série sobre o mercado de trabalho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
14
set 2013
POSTED BY
DISCUSSION 23 Comments

23 Responses to : Mercado de trabalho na Irlanda: subemprego e trabalho na área

  1. Daniel Ramos says:

    Salve bruno, ótimo video meu!
    Vai ser bom pra mim, =) estou acompanhando tudo que é video de varios canais do país…Diga-me, pra quem nao sabe falar inglês, da pra conseguir emprego nos primeiros meses de estadia no país?

    • Carla Marina says:

      Oi Daniel, tudo bom? Dependendo da profissão sim, se é algo que não demanda contato direto com o cliente, por exemplo, é possível. É importante, no entanto, que você consiga se comunicar minimamente, pois vai ter que fazer entrevista, vai ter que entender o que o seu superior te demandar e vai ter que saber expressar suas dúvidas. Profissões mais braçais, como “full staff” (pegar copos das mesas de pubs, limpar o chão e as mesas etc), por exemplo, é possível de conseguir. Abraços!

  2. Luana says:

    Oi, Bruno!

    Gostei do vídeo. Vou para a Irlanda em abril de 2014 e gostaria de saber a respeito da área de TI se Design se encaixa nesta parte também. Li recentemente no E-Dublin sobre terem facilitado o work permit para estrangeiros. Sou formada em desenvolvimento de jogos digitais, mas tenho maior afinidade com a questão artística e não tanto com programação. Pela sua experiência, é muito complicado conseguir um trabalho na área de design? Se puder responder, agradeço imensamente! :) Obrigada

  3. Muito legal seu vídeo. Bom saber que a Área de TI está e alta , decidi que próximo ano vou pra Irlanda.
    Minha dúvida em relação a isso é o seguinte, pra conseguir o emprego na área de ti o mais importante pros entrevistadores é certificações ou experiência (tipo ser atuante na comunidade desenvolvimento/ ter um portfólio) em empresas.
    Quero focar no que for mais desejado pelo mercado da Irlanda e preciso saber se vou atrás de certificações (ocjp) ou coloco coisas legais no github pra ter como demonstrar meus conhecimentos.
    Abraço

  4. Lucas Machado says:

    Olá Bruno e Carla, realmente otimo este blog e os videos de vocês, então sou formado em cómercio exterior e estou indo para a irlanda em abril 2014, ate o momento não consegui contato com niguem que trabalhe nesta area e que esteja ai na Irlanda, gostaria de tirar esta duvida com vocês, sabe como esta este mercado para brasileiro por ai? e se quem tem diploma aqui no brasil e o reconhecimento dele na Irlanda encontra muitas dificuldades em conseguir um emprego na aerea.

    Obrigado
    Att
    Lucas Machado

    • Carla Marina says:

      Oi Lucas, tudo bom?
      Não conhecemos ninguém que trabalhe nessa área por aqui e nunca pesquisamos a respeito, como disse na resposta anterior, uma forma de saber é procurando nos sites de emprego daqui para ver se encontra alguma coisa. Também pode tentar arriscar as Embaixadas, de repente consegue algo nesse tipo de organização. Conseguir emprego na área é bem complicado, a não ser que você trabalhe com cozinha, hotel, internet ou vendas/marketing, você vai precisar de mais esforço para conseguir algo, claro que não é impossível!
      Também pode perguntar nas comunidades do Facebook de brasileiros na Irlanda, pra ver se alguém trabalha nessa área aqui. Tem o Brazucas in Dublin, o Classificados Dublin, dentre outros. Abs e boa sorte!

  5. rosani machado says:

    Oi Bruno! Moro em Portugal, aqui as coisas estão difícil. Estou pensando em ir para Irlanda agora em dezembro. Como está de trabalho para homem e mulher? Pode ser o sub do sub emprego, quanto ao ingles a gente se vira ja vivemos nos USA.
    Por hoje é só, grata pela atenção

    • Carla Marina says:

      Oi Rosani, tudo bom? Não temos tido tanto contato com pessoas recém-chegadas que estejam procurando emprego para te dizer com certeza se está fácil ou não, mas arriscamos dizer que, mesmo que demore um pouco (um a 3 meses), é possível sim conseguir um sub-emprego, tanto para homem quanto para mulher. Os mais comuns são em cozinha e restaurante, como ajudante e garçom/garçonete, ajudante em pubs e babá. Dezembro pode ser uma época boa, se virem antes do Natal, logo no começo do mês, porque as lojas contratam por causa do natal e pode ser que haja uma chance de quererem te manter por mais tempo depois…Abraços e boa sorte com a decisão!

  6. Vanessa Harrison says:

    Muito legal o blog de vcs! realmente me deu ideias sim esse post e agradeco a boa vontade de compartilhar suas experiencias! =)

  7. William says:

    Olá! Excelente vídeo!!! Apenas uma dúvida: Vocês disseram que o salário mínimo na Irlanda é de 8,65 por hora. Isso num cálculo rápido, 40 horas semanais, 4 semanas por mês, dá um valor de 1385,00 por mês. Ok! E o custo de vida aí como é? Com este salário consigo pagar uma aluguel, me alimentar, me vestir e ainda usufruir? Sério?

    Grande abraço!

  8. Tulio Ribeiro Martins says:

    Olá Bruno e Carla, parabéns pelo blog. Gostei muito do vídeo e muito me interessa especialmente a parte do subemprego. Estou em processo de conseguir minha cidadania portuguesa e gostaria de saber se é fácil para mim e minha esposa trabalharmos aí. Ela tem o direito de trabalhar? Nos temos experiência no Canadá ela trabalhando de babá e eu já trabalhei de babá e em cafeteria. Obrigado. Abraços.

  9. Nelba says:

    Oi Bruno e Carla,
    Sou cantora de Jazz e Bossa Nova. Estou indo estudar Inglês em Dublin e quero cantar aí. Tenho CD gravado. Os Irlandeses gostam de música brasileira? Será que vou conseguir me apresentar aí?
    Abçs.

    • Carla Marina says:

      Oi Nelba, tudo bom?
      Que bacana ter o seu comentário por aqui! Sempre senti falta de ouvir cantores de música brasileira por aqui! Acredito que jazz e bossa nova faria bastante sucesso, apesar de ver muito pouco nos lugares que frequento. Não sei se já ouviu falar, mas aqui em Dublin existe a Grafton Street, que é uma rua famosa por ter artistas se apresentando para conseguirem um trocado e para ficarem conhecidos. Vê-se de tudo e por ser uma rua movimentada, as pessoas sempre param para ouvir. Acredito ser um bom começo! Há também alguns restaurantes brasileiros, sei que no The Mezz (https://www.facebook.com/mezzdublin) há música brasileira ao vivo. Talvez valha a pena entrar em contato com eles!
      Abraços e boa sorte!

  10. Roberta Cardozo says:

    Boa tarde,

    Eu e meu namorado estamos pensando em ir para Irlanda em Agosto de 2015, estamos nos planejando para ir ainda, porém já estou em busca de todas as informações possíveis e adorei o Blog de vocês! Eu trabalho com comércio exterior e meu namorado no ramo de elétrica e mecânica de automóveis.
    Gostaria de saber como anda a questão da Economia ai na Irlanda, e se vocês estão vendo algum tipo de melhora? Não estamos indo atrás de empregos na área de inicio, estamos disposto a qualquer emprego, porém gostaria de mais informações sobre o mercado Irlandês.

    Muito obrigada.

    • Carla Marina says:

      Olá Roberta, tudo bom?
      Que bom que o blog tem ajudado!
      Olha, temos notado sinais de melhora na economia sim, cada vez mais carros nas ruas, mas pessoas consumindo. Com relação a emprego, o famoso “emprego na área” é sempre um tabu, há brasileiros que conseguem, mas creio que a maioria não (talvez porque não tentam…). Sugiro que dêem uma olhada nos sites de empregos que já indicamos, como o Jobs.ie e o Monster.ie, só por curiosidade e se encontrarem algo, tentem mandar CV daí do Brasil mesmo, só pra ver no que dá. Pra nós é complicado falar de outras áreas que não são as nossas…
      Abraços e boa sorte!

  11. Vitor Vanni says:

    Olá Bruno!
    BOm dia! Tudo bem?

    Parceiro, preciso de uma ajuda. SOu administrador de empresas e tenho uma construtora no Brasil.

    Aqui, presto serviços para empresas como EMbraer e DUratex. COnstruo também lojas em shopping.

    Gostaria de fazer isso em um pais desenvolvido. GOstaria de prestar serviços na Irlanda! O que você acha!

    Abraços.
    Segue Whats App. 55 14 99715 2628

    • Carla Marina says:

      Oi Vitor, tudo bom?
      Infelizmente não temos como te ajudar muito, pois não sabemos sobre nada sobre o mercado de construção aqui, só sabemos que agora que ele está voltando a se aquecer, até então estava tudo muito parado por causa da crise.
      O que mais recomendamos é que pesquise muito antes de tomar qualquer decisão!
      Abraços!

  12. marcio junio says:

    ola! tenho muito interesse de ir para irlanda mas nao sou de classe media alta aqui no Brasil estou atras de intercambio se conseguir esse intercambio com o emprego consigo me manter por ai e se voce conhecer alguma agencia seria pra me indicar

    • Carla Marina says:

      Olá Marcio,
      Dê uma olhada nesta matéria pra ter uma noção do custo de vida aqui na Irlanda: http://www.e-dublin.com.br/dinheiro-quanto-se-ganha-e-se-gasta-na-irlanda/
      Já vi muitos casos de pessoas que também não eram de classe média alta no Brasil, mas conseguiram vir pra cá, trabalharam e fizeram intercâmbio normalmente. Tenha em mente que os trabalhos serão geralmente bem puxados, como ajudante de cozinha, garçom, serviços de limpeza, etc, mas é possível ralizar seu sonho se estiver disposto.
      Abraços e boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *