De mudança

Este fim de semana finalmente terminamos nossa mudança, um trabalho monumental para esvaziar um pequeno apartamento de 55 metros quadrados, 6 carros lotados de coisas, ajuda de amigos e família e agora finalmente nossa vida material se resume a três malas e algumas caixas de coisas que deixaremos para trás.

É complicado descrever a sensação, já que como colecionador, tudo o que acumulei durante a vida tive que aguardadar até que eu tivesse um espaço digno para receber todos os quadrinhos, livros, filmes e action figures que viviam guardados em guarda-roupas, caixas ou nos cantos do meu quarto na casa de nossos pais e agora tudo volta para as caixas até que eu volte a ter um espaço novamente.

Essa sensação se torna maior quando vemos a casa como um todo, tudo escolhido com muito cuidado e carinho para que tivesse nossa cara. Agora tudo se foi, vendido ou doado. Móveis que foram cenário para nossos primeiros anos como um casal e onde vivemos os melhores momentos de nossas vidas sempre recebendo visitas de amigos e família para ver filmes, jogar video-game e disputar as tradicionais partidas de jogos de tabuleiro e RPG.

Todo esse trabalho também foi um exercício de desapego e um passo adiante para uma vida mais simples, com menos coisas para nos atrapalhar, nos deixando mais leves para seguir em frente e para mudar nossos rumos quando quisermos ou quando for necessário.

Agora podemos dizer que nossa viagem começou, já que até agora ela se resumiu a papéis e e-mails de passagens, reservas, contratos e coisas do tipo.

Finalmente estamos vivendo a Irlanda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
12
fev 2012
POSTED BY
DISCUSSION 6 Comments
TAGS

6 Responses to : De mudança

  1. Juliana disse:

    Nossa essa fase está realmente se tornando muito esquisita, a ansiedade e todas as emoções estão juntas, as dúvidas e o medo as vezes aparecem.
    Agora começa a contagem regressiva!!! Dia 15 nos encontraremos no Finnegans! Muita boa sorte para todos nós!

    🙂

  2. Daiana disse:

    Nossa, só de ver essa foto me deu uma sensação que não sei explicar… fiquei pensando em quando chegar a minha vez. Não moro sozinha nem com meu namorado, mas as coisas que tenho no meu quarto, no meu mundinho, e que terei que deixar para trás, até saber o que o destino me reserva… até decidir ficar ou voltar.

    Boa sorte para vocês em todos os momentos.
    Beijos,
    Dai

    • Carla Marina disse:

      Obrigada Daiana! Boa sorte para você também, o bom é que temos vários outros exemplos para nos inspirar e vermos que vale a pena passar por isso 🙂 Bjos!

  3. Marli disse:

    Olá Carla e Bruno, pensem que estão abrindo espaço para o novo, batalhando pelo sonho de vocês de morar fora…que Deus abençõe esta nova fase , nos vemos em Dublin daqui a 72 dias . Bjs

    • Carla Marina disse:

      Realmente Marli, é triste mas ao mesmo tempo nos dá uma leveza, com a sensação de página em branco…Deus abençoe a todos nós e nos permita-nos continuar nos ajudando! Bjs!

  4. Natália disse:

    Eu e meu marido também passamos por essa fase há 2 meses atrás, desfazer das nossas coisas e da nossa rotina também foi necessário para nós. Algumas renúncias tem que acontecer para o alcance de outras conquistas, né? Em breve estaremos na ilha verde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *