Dança Irlandesa

Sempre gostei muito de dançar, apesar de não levar muito jeito para a coisa. Como de praxe, por volta dos meu 4 anos minha mãe me colocou na aula de ballet. Tenho alguns fleches daquela época, embora o mais marcante tenha sido o professor querendo nos forçar além de nosso limite.

Depois disso, já adolescente, entrei na onda do axé, até fiz aula na danceteria Lumen, em Osasco, aos sábados de manhã. Depois ia nas matinês com minhas amigas praticar tudo o que aprendemos (e esperávamos ansiosas pelas festas de aniversário para botarmos para quebrar!) É o Tchan, Asa de Águia, Netinho, Banda Eva e por aí vai (e até hoje, nas festas de casamento, são as únicas músicas que me arrisco a dançar com coreografia).

Passada esta fase, já quis fazer aula de forró, jazz, dança de rua e dança do ventre, mas não encarei nenhuma.
Agora, com a Irlanda pela frente, resolvi pesquisar sobre a cultura deste país, especialmente a típica dança irlandesa e vou compartilhar com vocês um pouco do que aprendi.

A dança irlandesa tem influência dos druidas (dizem ser os primeiros praticantes em rituais religiosos), dos celtas e dos normandos, que comemoravam com rituais de dança cada novo território conquistado. Hoje é possível encontrar algumas variedades desta dança: jigs, reels, hornpipes, sets, half sets, polkas e uma espécie de sapateado, performado individualmente ou em grupo. A vestimenta remete às roupas do passado e os espetáculos mais famosos são o Riverdance, o Lord of the Dance e o Feet of Flames, por meio dos quais a dança irlandesa ganhou notoriedade mundial.

Riverdance

Polka

Pelos vídeos, é difícil dizer a diferença entre as modalidades jigs e reels, que utilizam movimentos muito similares, mas sem sapateado. A set e haf set são dançadas em casais, mas ainda assim com movimentos semelhantes às já citadas modalidades. Já a hornpipe traz o sapateado e geralmente é dançada por um grupo maior de pessoas. A mais diferente de todas é a Polka, que apesar de ser dançada em casais, não possui movimentos marcantes com as pernas, e explora mais o espaço.

O que é muito marcante na maioria delas é a postura imóvel da cintura para cima, a não utilização dos braços e mãos, que ficam acomodados ao longo do corpo e a coreografia complexa e sincronizada com as pernas.

A sincronia entre as dançarinas é tão incrível, que me lembro claramente de esta dança ter sido utilizada como exemplo num curso sobre gestão organizacional que fiz há uns dois anos, onde foi mostrado um video como exemplo de que numa organização é importante que todos trabalhem em sintonia, por um mesmo objetivo.

Estou ansiosa para aprender a dança irlandesa e mergulhar nesta cultura. Espero que existam escolas acessíveis (aceito indicações!). Mas enquanto sou apenas uma curiosa, fiquem com os videos de quem já é praticante. Quem sabe eu não apareça em algum um dia?

Para você está ou vai estar na Irlanda no meio do ano de 2011 e tiver a oportunidade, haverá espetáculos do Riverdance em Dublin, de 28 junho a 28 de agosto. Vale a pena conferir! Os ingressos podem ser adquiridos no site do grupo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
20
maio 2011
POSTED BY
POSTED IN Curiosidades
DISCUSSION 7 Comments

7 Responses to : Dança Irlandesa

  1. Marli says:

    Olá , você chegou a pesquisar sobre escolas de dança em Dublin. Preciso de uma escola de dança do ventre… você mora em Osasco ? Eu moro em Carapicuíba e vou embarcar em Março…

  2. Carla Marina says:

    Marli, fiz uma pesquisa rápida no google, digitando algo como “free dance classes Dublin”, porque a princípio não quero gastar dinheiro com isso, e encontrei um site bacana, que mostra aulas pagas e não pagas de várias coisas. O site é: http://www.dublinclasses.ie/. Pesquisando nele, acabei chegando num outro site, que é onde eu quero fazer aulas de yoga, pois são e graça, mas têm aulas de dança também: http://www.coisceim.com/aboutus.html. Eu morei em Osasco toda a minha vida, até me casar e me mudar para Santo Amaro…Você já faz aula de dança do ventre? Sempre quis fazer, mas nunca fiz!! Abraços!!

    • Marli says:

      Oi Carla , td bem ? Eu me esqueci de assinar para receber resposta por isso tive que olhar vários posts rs . Bacana esse site com as aulas grátis, vou olhar direitinho porque quero fazer quando estiver lá. Eu fiz algumas aulas , mas nada que me deixasse como a Jade em o clone rsrs , mas não tive como continuar por conta de horário e outras atividades. Eu estudei no colégio Fernão Dias e anos mais tarde fiz minha faculdade lá também. E os preparativos ? Tive que mudar minha data para 25/04. bjs

      • Carla Marina says:

        Nossa, já estamos com praticamente tudo pronto, vai faltar fazer algumas coisinhas de última hora, como comprar remédios, mas o grosso já foi! Estou cada vez mais ansiosa…que pena que teve que adiar sua ida, mas que bom que não desistiu da idéia! Se tiver alguma outra dúvida que possamos te ajudar, mesmo que eu não saiba eu pesquiso, ok? Bjs!

  3. Marli says:

    Oi Carla , td bem ? Eu me esqueci de assinar para receber resposta por isso tive que olhar vários posts rs . Bacana esse site com as aulas grátis, vou olhar direitinho porque quero fazer quando estiver lá. Eu fiz algumas aulas , mas nada que me deixasse como a Jade em o clone rsrs , mas não tive como continuar por conta de horário e outras atividades. Eu estudei no colégio Fernão Dias e anos mais tarde fiz minha faculdade lá também. Tive que mudar minha data para 25/04. bjs

  4. Talita says:

    Oi, Carla! Adoro os vídeos e o blog de vocês. Essse post me encheu os olhos, pois, meu primeiro contato com a cultura irlandesa foi por meio da dança. Sou bailarina e comecei a assistir vídeos de danças irlandesas desde criança! Você conseguiu algum lugar para fazer aulas por Dublin? Chego em julho e queria muito me inscrever em algum curso de dança. Beijos

    • Carla Marina says:

      Olá Talita, tudo bom? Ainda não comecei a procurar lugares para fazer dança, apesar de ter muita vontade. Tenho outra amiga interessada em fazer aulas de dança irlandesa, quem sabe não vamos juntas pesquisar nos lugares? Abs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *