Como levar dinheiro para o exterior?

Euros

Esse é mais um dos posts que deveriam ter saído logo no início da trajetória do blog, mas apenas agora se tornou realmente importante de se registrar. Durante a pesquisa sobre como fazer um intercâmbio na Irlanda, ou até mesmo antes disso, quando pensávamos em imigrar para o Canadá, uma das maiores preocupações era em relação a como levar o dinheiro na viagem. Antes de falar quais as melhores alternativas, vou relatar brevemente minha primeira experiência no exterior com moeda estrangeira.

Epopéia Argentina

Em 2008 visitamos a Argentina e na época optamos por levar um cartão de crédito internacional, um cartão de débito e reais em espécie para trocar no aeroporto. A decisão de comprar Pesos Argentinos no aeroporto foi sábia, já que pegamos a melhor cotação que poderíamos ter encontrado, mas compramos pouco, se não me engano algo em torno de 400 pesos. Seguindo a dica de um amigo procuramos pela REDE PLUS, a qual a VISA faz parte onde poderíamos fazer saques com o cartão de débito. O que aconteceu foi que fizemos um saque e como o valor do peso é muito baixo, a quantidade de notas que saiu da máquina foi enorme, e pasmem, acabou o dinheiro e travou a máquina sem sair todo o dinheiro que sacamos. O resultado disso foi um prejú de quase 150 reais. Logo mais tentamos fazer um saque em outro caixa e devido à um problema de usabilidade dos caixas hermanos, que basicamente pedem que você retire o dinheiro antes do cartão e não vice-versa como é em todo o resto do mundo, acabei esquecendo o cartão na máquina. Resultado, fodeu!

atm_task_flows

Ainda sobrou o cartão internacional que rapidamente teve seu limite estourado e por sorte um amigo que mora por lá nos ajudou, porque se não estaríamos ferrados. Se você teve paciência de ler tudo isso aí em cima, chegou a hora de conhecer nossa metodologia de como levar dinheiro para seu intercâmbio ou para sua viagem.

Dinheiro, aceito em qualquer lugar

Essa é a forma mais simples, direta e eficiente para viagem. Dinheiro em espécie, principalmente se for o local, é a melhor forma de levar seu dinheiro para viagem – ficou estranha essa frase não? As vantagens são inúmeras: é aceito em qualquer lugar, não depende de um sistema funcionando para você fazer pagamentos, você não se preocupa com taxa de conversão, você sabe o limite (só olhar dentro da carteira), você pode “espalhar” ele em diversos compartimentos da bolsa e/ou da roupa e assim você nunca vai perder (ou ser roubado) completamente e por aí vai. A dica aqui é planejar cuidadosamente quanto você vai precisar para cada dia, pesquisar a taxa de câmbio mais barata e trocar o dinheiro antes de viajar. Para todas as viagens de curta e média duração, sempre levamos dinheiro em espécie.

VTM, seu segundo melhor amigo

vtm

Nem tudo são flores, para viagens mais longas, ou até um intercâmbio, o dinheiro em espécie tem suas desvantagens e aqui entra o VTM, ou Visa Travel Money, que nada mais é do que um cartão de débito pré-pago. As vantagens do VTM são que você consegue comprar as moedas estrangeiras, seja ela Dólar, Euro ou Libra por exemplo, com uma taxa de alguns centavos mais baixo do que se compra em espécie e é uma forma segura de carregar grandes quantias, o que é extremamente importante, caso você seja um intercambista. Você também pode usar o cartão para fazer compras sem pagar taxa de utilização, mas paga uma pequena taxa, que é de 2.50 euros por saque, ou seja, é melhor sacar grandes quantias de cada vez. Por fim a melhor vantagem do VTM é que você pode continuar carregando ele e utilizando como forma de trazer dinheiro do Brasil para o exterior, sem taxas.

Cartão Internacional VISA (e MasterCard), aceito em qualquer lugar

Esqueça bandeiras como Diners, American Express ou coisas do tipo, coloque na sua cabeça: VISA ou MasterCard Internacional. Eu trouxe meu Dinners e ele está pegando pó, alguns amigos estão aqui com um American Express na carteira e mal conseguem usar o danado. Enfim, onde todos os anteriores falham, um cartão internacional VISA ou MasterCard vai ser sua salvação. Existem diversos lugares onde você não vai conseguir utilizar seu dinheiro ou até mesmo seu VTM, alguns deles:

  • Alugar Dublin Bikes aqui em Dublin
  • Comprar passagens áeras pela Internet
  • Alugar carro
  • Reservar hotéis

Outras formas de se levar dinheiro?

Eu sei que existem outras formas de se carregar dinheiro, mas não conheço elas a fundo, então não adianta nem perguntar o que eu acho, já que não terei a resposta. E você? Como faz para levar dinheiro para o exterior? Deixe nos comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
08
jan 2013
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 20 Comments
TAGS

20 Responses to : Como levar dinheiro para o exterior?

  1. Diego Marcel disse:

    Olá Bruno, muito legal e importante o seu Post. Surigo também abordar algumas opções para o dinheiro que precisa ser depositado, os 3 mil Euros. Ainda estou definindo e procurando alternativas para pegar um cotação melhor, mas pelo que vi, acho que o jeito vai ser VTM e sacar depois quando precisar fazer o depósito no banco.
    Quando vocês foram (desculpe se não vi isso em outro Post) vocês levaram a grana do depósito em VTM? Existem terminais que possibilitam saque direto da conta-corrente (Banco do Brasil, por exemplo)?

    Obrigado pela atenção!

    • Carla Marina disse:

      Olá Diego!
      Trouxemos os 3mil no VTM, depois tivemos que abrir a conta no banco daqui e depositar os 3 mil, pegando o extrato para mostrar na Imigração como parte dos documentos para tirar o GNIB. Não sabemos se é possível fazer saque direto, nunca tentamos, talvez seja melhor perguntar no seu banco.
      Abraços!

  2. Aline Martins disse:

    Olá, tenho acompanhado o blog de vocês e os videos. São fantásticos, parabéns!
    Queria tirar uma dúvida em relação a aluguel de casa ai. Quanto tempo vocês demoraram para encontrar? Existe algum site que possa nos ajudar com isso? Estou indo em março com mais 3 amigos e fechamos apenas 1 semana de acomodação, estou preocupada com isso. Obrigada!! Beijo

    • Carla Marina disse:

      Olá Aline, tudo bom? Obrigada, que bom que está gostando!
      Então, ficamos duas semanas em residência estudantil e enquanto isso pesquisamos muito. Não foi fácil encontrar porque queríamos algo só para nós dois e quando é assim, eles geralmente só alugam se um dos dois está trabalhando. No fim conseguimos o lugar onde estamos só porque eles estavam tendo dificuldade em encontrar um inquilino e aceitaram a gente, mas quem vem para dividir casa com mais pessoas econtra mais facilmente. Os sites mais comuns para pesquisar são: daft.ie, myhome e o rent.ie. Também é comum brasileiros anunciarem vagas em comunidades do facebook, como a Classificados Dublin. Abraços e boa sorte!

  3. Valeria Souza disse:

    Muito bom! Vou para Dublin dia 19 e pretendo fazer dessa forma também!!

  4. Uma boa alternativa para viagens curtas é conversar com o banco antes para verificar algum plano de saque sem taxa. No Itaú sem chance. Já no Citibank, eu tenho um plano que posso sacar sem pagar nenhuma taxa (a não ser que o banco não seja afiliado, onde embolsei $2 em alguns no Canadá).

    Outra muito boa é se o país de destino possuir HSBC, onde você apenas fala com um gerente local e pode ter a mesma conta compartilhada em ambos países. Acho que essa é vantagem para quem estiver se mudando de vez e pretende mandar dinheiro para família, ou manter investimentos no seu país nativo.

    Abs.

    • Neto disse:

      Tenho conta no HSBC e esse benefício realmente existe e é ótimo. O problema é que na Irlanda o HSBC fechou suas agências para pessoa física, o que impossibilita a utilização deste benefício. 🙁

  5. Lucas disse:

    Cara, quando você foi a Irlanda teve que fazer a conta no banco certo? É débito ou credito?

  6. Débora disse:

    Oi Carla. Acompanho sempre os videos de vocês e adoro.
    Estou indo com meu namorado e estamos a procura de studio, será que teremos essa dificuldade em alugar? Foi bom ler o tópico…
    Em relação ao cartão pré-pago. A melhor tarifa que encontrei foi pelo Itau cuja bandeira é do American, vc acha que, mesmo se for usar o cartão só para saque, é melhor nao arriscar?
    Obrigada!!!

    • Carla Marina disse:

      Olá Débora, tudo bom? Que legal que curte nossos vídeos!
      Pois é, na época em que vim, foi bem difícil para nós conseguirmos um lugar só pra gente, e um casal de amigos nosso também teve dificuldade. Depois de muito esforço conseguimos, mas acho que é bem mais fácil conseguirem um quarto de casal numa casa com outras pessoas (além de ser mais barato).
      Com relação ao cartão, não é que não vá conseguir sacar dinheiro com a bandeira do American, mas você vai estar mais restrita a caixas específicos para sacar, estes que ficam na rua, por exemplo, você não vai conseguir, provavelmente só dentro do Banco, como aconteceu com meu amigo, que só conseguia sacar dentro do Banco da Irlanda.
      Abraços!

  7. Mathias Grimm disse:

    Estou na mesma situação que você, ou seja, eu sou brasilieiro e minha esposa é UE Citizen, nesse caso são necessários 3 mil euros para cada um? ou apenas para mim?

  8. Rafael disse:

    Ja ouvi falar que bb tem um vtm do banco e que em dublin da para sabar tudo de uma vez so. logo, acredito que se pague a taxa de sague apenas uma vez, o que e muito bom e minimiza as perdas com taxas. estou pesquisando sobre a melhor forma de levar dinheiro para dublin, pq viajo dia 1 de junho para la. A melhor cotacao que encontrei foi do bb. Eles vendem no vtm deles e em especie, mas so para correntistas. A segunda melhor cotacao que encontrei e do santander, so que so vende em especie e para correntistas. logo, levar muito dinheiro em maos e fria. Quando falei que sao as melhores cotacoes que encontrei, ja considerei as taxas de servico de cada banco e dilui na cotacao, que ainda sao em melhores que casa de cambio e o Hsbc, que foi as outras opcoes que pesquisei.

  9. Diego Marcel disse:

    Oi Rafael, antes de vir pra Dublin, estava bem preocupado com isso também, mas depois vi que foi bem mais simples do que eu pensava hehe optei por fazer um Travel Card, no meu caso nao foi Visa, foi MasterCard. Até agora não tive problemas em nenhum caixa eletrônico por aqui. Trouxe os 3 mil e mais um pouco no cartão para passar o primeiro mês e mais 300 Euros em espécie para os primeiros dias…
    Fiz com a Confidence Cambio, fiz recargas aos poucos, peguei cotações não tão boas no início e outras melhores depois, mas optei por carregar aos poucos para não correr o risco de subir o Euro e eu pagar mais caro, mas acabei pagando um pouco mais do que precisava.
    Aqui na Irlanda, acabei fazendo muitos saques e com isso paguei varias vezes a taxa de 2,50 Euros (9x no total que da uns 22,50 Euros). Meu banco, a Confidence Cambio, so permite sacar 800 euros por dia, ou seja, se você se programar com alguns dias de antecedencia, nao vai ter problema, pode abrir a conta e fazer o depósito aos poucos, ou sacar antes e guardar em casa. De fato, não consegui sacar tudo de uma vez.

    Bom, basicamente é isso, relatando minha experiência com Travel Card por aqui e nos pontos que errei…

    Valeu, boa viagem!!!!

    • Rafael disse:

      Fala diego! Obrigado pelo relato. Hoje, pesquisei mais um pouco e descobri uma corretora que me explicou direitinho como funciona essas compras de euro em bancos. Na verdade, nao e tao mais vantajoso assim que casa de cambio, mas ainda assim, o bb e a caixa possuem cotacoes cerca de 3 a 5 centavos mais barato que o geral. Quanto ao saque, gostei da sua experiencia e acho que e uma opcao em conta. Assumindo 4 saques de 800 euros, eu pagaria 10 euros de taxa ne…Tenho uma confidence de facil acesso aqui e cogitei utiliza-la. Tenho conta no hsbc e consigo sacar ate 500 euros por dia sem pagar tarifa, mas pagaria iof. Estou avaliando a possibilidade de usa-lo, meu medo e a cotacao do euro variar para mais e eu ter que pagar taxa de servico por usar algum atm dai que cobre taxa de uso, e isso me sair mais caro que os 10 euros do vtm…pois ja estou sabendo que ai nao tem hsbc, so na irlanda do norte. Enfim, ainda estou estudando as possibilidades. Mais uma vez obrigado. Abracos e ate..

  10. juliano disse:

    Parabéns pelos site, estou indo na frente e minha namorada deve ir no fim do ano, chego em Dublin em Julho, e pretendo levar os 3 mil euros em VTM e uns mil euros em espécie para os pagamentos iniciais, em qt tempo terei acesso aos 3 mil euros que depositarei no banco? Os custos com documentação e a acomodação ( depois da semana que já paguei ) poderão ser pagos já com os 3 mil euros?
    E só mais uma dúvida: vale a pena levar iphone 5 e ipad 4 ou vender aqui e comprar aí?
    Ótima semana…

    • Carla Marina disse:

      Oi Juliano, tudo bom? Obrigada, que bom que estão gostando! Então, você vai precisar comprovar os 3000 euros quando for tirar o seu GNIB, que é feito num único dia, depois disso pode gastar com o que precisar. Para tirar o GNIB, você já vai ter que ter aberto sua conta no banco, para poder tirar o extrato. Depois que abre a sua conta no banco, eles demoram umas 3 semanas para te enviar o seu cartão pelo correio, mas você pode efetuar saque sem o cartão indo até o banco. E sim, vale a pena trazer seus eletrônicos, vai gastar uns 60 euros para desbloquear, o que é muito menos do que comprar um celular novo! Boa semana pra vocês também! Abs

  11. Ervin disse:

    Estou indo a Belfast dia 31 de julho e ficarei 12 dias.
    Preciso de visto de turista?
    Preciso confirmar na alfandega do aeroporto que estou com dinheiro para despesas?
    Quais são as moedas aceitas no pais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *