Coleiras para bebês

2013-06-22 21.06.15

Nunca tinha visto isso no Brasil, mas aqui na Irlanda é comum ver alguns pais passeando com suas crianças utilizando uma espécie de coleira, geralmente presa a uma mochilinha que vai nas costas da criança. E é assim mesmo que este utensílio é chamado, “baby leash“, ou coleira de bebê.

Desde a primeira vez que vi, não achei estranho e nem fiquei chocada, pois percebi que é uma forma interessante para permitir que seu filho possa exercitar-se, forçando-o a criar o hábito de caminhar, ao invés de ficar sentado ou deitado o tempo todo no carrinho, ou no colo dos pais.

No entanto, há quem critique esta prática, pois consideram que os pais estejam tratando os filhos como cachorros. Muitos defendem que preferem mante-los no carrinho, outros que o melhor é segura-los pela mão e educa-los para que obedeçam aos pais e não fujam de seu controle.

Sim, a educação do filho é essencial, concordo que é importante que ele respeite os pais e entenda seus limites, mas também reconheço que muitas vezes pode ser difícil controlar uma criança muito pequena e que às vezes elas fazem coisas que não estamos esperando, como sair correndo porque viram algo que lhes chamou a atenção.

Pesquisando sobre o assunto, encontrei um post no site Baby Center, onde vocês podem conferir a opinião de vários pais com relação ao assunto. E você, o que pensa a respeito?

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
23
jun 2013
POSTED BY
POSTED IN Curiosidades
DISCUSSION 5 Comments
TAGS

5 Responses to : Coleiras para bebês

  1. Tatiana says:

    Olá Carla, adoro o blog de vocês! Chego em Dublin em julho e aproveitarei muitas das dicas que vocês compartilham!!!
    Aqui em SP o uso dessa “coleira” tem se tornado frequente.
    Os pais utilizam na forma de mochilinhas, principalmente em parques, zoológico e shoppings…
    Bjão

    • Carla Marina says:

      Oi Tatiana, tudo bom? Ficamos contentes em saber que estamos ajudando! Ah, você vai chegar no verão, que legal!
      Não sabia que a coleira também começou a ser uma prática em SP, valeu pela informação!
      Abraços e boa viagem!

  2. Dani says:

    Nossa,. que legal. Não tinha visto aqui em SP ainda… MAs eu apoio sim. Pois eu mesma já passei apuros com minha sobrinha quando entramos nas lojas para comprar algo ou para olhar somente e basta 1 segundo de perdermos a atenção e CADÊ a criança? seria evitado a morte da criança se aquele casal que perdeu a filha no shopping na escada rolante. As crianças são muito inocentes e não sabem os perigos. É verdade tbem que os pais devem manter a atenção total nelas… mas sei que é difícil.
    bjos

  3. Juliana Fernandes says:

    Estou em Dublin há 6 dias… Acompanho o blog de vocês desde quando comecei a programar minha vinda. Engraçado que hoje fui dar uma volta aqui próximo da hostfamily e vi uma mãe usando esse equipamento. Na mesma hora entrei em contato com minha irmã no Brasil. Rimos muito porque não temos filhos, mas nossa família tem muitas crianças e elas são muito danadinhas. E minha irmã sempre fala para minhas primas e tias para amarrar uma cordinha e conseguirem ficar mais relaxadas. Essa idéia provoca risos em todos porque onde moramos ninguém conhece esse costume daqui. Talvez agora passem a usar.

    • Carla Marina says:

      Hahaha, no começo é meio chocante, algumas pessoas são totalmente contra! Eu já acostumei e acho que até usaria, dependendo do caso :)
      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *