Assine o Mundo A2

Fala galera! Hoje trazemos para você duas formas de assinar o conteúdo do blog para que você receba em primeira mão nossos posts e vídeos e nos ajude a conhecer um pouco mais sobre vocês e sobre o que estão achando do conteúdo que estamos produzindo.

Receba nossos posts por e-mail

Adicionamos essa semana a opção de assinatura por e-mail na barra leteral direita do site, então basta preencher o campo ao lado com seu e-mail, confirmar clicando no link que será enviado e pronto!

Você pode inclusive escolher se vai receber todos os posts por e-mail ou receber um resumo semanal dos posts.

Assine o canal do YouTube

Você pode assinar também nosso canal no YouTube, o que nos ajuda muito e você ainda recebe os vídeos em primeira mão na página inicial.

Clique aqui para assinar o Mundo A2 no YouTube

E se vocês curtirem os vídeos, não deixem de clicar no joinha!

Valeu galera!

23
mar 2012
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 0 Comments
TAGS

Seguro desemprego na Irlanda

Uma grande preocupação de nossos pais e amigos quando eles perceberam que a nossa decisão de morar na Irlanda não era brincadeira, era de como iríamos nos manter, se já tínhamos emprego acertado, se conseguiríamos emprego no meio dessa crise, etc.

E é claro que esta é uma preocupação nossa também, porque apesar de termos nos planejado, o dinheiro não é eterno e não sabemos dos imprevistos que podem acontecer.

Pensando nisso, comecei a pesquisar vagas de estágio na minha área de formação, gestão ambiental, a qual pretendo exercer e aperfeiçoar na Irlanda. E foi lendo a descrição dos requisitos das vagas que me interessaram, que descobri algo muito estimulante e importante para quem pretende procurar emprego: a Jobseekers Allowance, que é uma espécie de seguro-desemprego para os irlandeses e cidadãos europeus (desde que integrantes da União Européia).

Continue lendo

29
jan 2012
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 16 Comments

Intercâmbio, Irlanda, Dublin em links # 1

Começa agora uma nova série de posts que não são nada mais do que uma coletânea de coisas bacanas que ficamos garimpando pela internet sobre Intercâmbio, Irlanda, Dublin e tudo mais. Aqui você vai ver imagens, textos, vídeos e links que ajudam a preencher o espaço entre o hoje e o dia do embarque.

O sonho do Canadá

Antes de pensar na Irlanda, nossa idéia era migrar para o Canadá, e acabamos encontrando um casal bem parecido conosco que inclusive entrou para o processo mas não conseguiu devido as mudanças nas regras de imigração. Eles tambén não desistiram e resolveram ir morar na Inglaterra. Confira os blogs:

Continue lendo

16
dez 2011
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 2 Comments

Praticando esportes na Irlanda

Há algum tempo ouvi um podcast no E-Dublin sobre o que as pessoas buscam ao fazer um intercâmbio e uma coisa me marcou bastante: não adianta depositar no intercâmbio todas as suas esperanças de ser o que você sempre quis, de mudar completamente quem você é, de se transformar.

Eu até concordo com isso, sei que a mudança do que nós somos, depende essencialmente de nós mesmos, mas também não podemos negar que quando planejamos um intercâmbio, uma das principais coisas que buscamos é o amadurecimento, o nosso crescimento pessoal e profissional, e o desenvolvimento de habilidades que só intercâmbio pode nos proporcionar. Nós queremos mudar!

Continue lendo

12
dez 2011
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 7 Comments

Como se preparar para o inverno e outras dicas do Dublin City Council

Já que escolhemos viver em outro país, é importante conhecermos suas características e estarmos preparados para saber lidar com elas, não é mesmo? Também é interessante sabermos das iniciativas que estão acontecendo na cidade onde vamos ficar e o que ela tem a nos oferecer, assim podemos desfrutar e viver mais intensamente a nossa experiência!

É claro que ler os blogs de quem já está lá, participar de grupos específicos na internet e fazer buscas no google pode ajudar bastante, mas quero apresentar algo a vocês, que existe especificamente para orientar os cidadãos com dicas de utilidade pública: são as câmaras ou conselhos municipais.

Continue lendo

04
dez 2011
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 4 Comments

Questões sobre imigração de familiares de europeus

Demorou “um pouco” para sair este post, mas aqui está! Em agosto entrei em contato com a Garda – correspondente à nossa Polícia Federal deles – com questões sobre a imigração de familiáres de cidadãs europeus, assunto que já haviamos comentado no post Direitos do cidadão europeu e familiares na Irlanda. A conversa foi feita por e-mail e as perguntas levantadas, assim como as respostas eu resumo abaixo:

Continue lendo

E-Dublin: você não está sozinho!

Quando se trata de fazer intercâmbio e viajar para outro país, surgem muitos sentimentos ao mesmo tempo: ansiedade, curiosidade, medo, dúvida. Será que vou conseguir me virar sozinho? Será que vou fazer amigos? Qual é a melhor escola em relação ao custo/benefício? Será que fecho direto com a escola ou por agência? Será melhor ficar em casa de família ou moradia estudantil? Estou levando dinheiro suficiente? O que levar na mala?

Já pensou quantas pessoas fazem intercâmbio e passam pelas mesmas dúvidas, anseios e medos? Não tem por que passar por isso e ter que decidir tudo sozinho. Mesmo com a opinião de familiares e amigos, o melhor é ouvir quem já esteve no seu lugar. E a internet é o melhor caminho! Existem diversos blogs, comunidades e sites onde são compartilhadas dicas e experiências de quem já esteve por todo o mundo.

Foi assim que conhecemos o E-Dublin (www.e-dublin.com.br), uma comunidade reconhecida, onde as pessoas que vão, estão ou já foram para a Irlanda, se ajudam, trocando informações. E foi a partir daí, que passamos a frequentar os E-Dublin encontros, que ocorrem geralmente em pubs (no nosso caso, frequentamos os de São Paulo).

Participam em torno de 2o pessoas, algumas já se conhecem de encontros passados e outras chegam receosas, um pouco tímidas, mas com o olhar de quem está louco para dividir seus anseios e ouvir de quem é experiente (e experiente não necessariamente é quem já esteve na Irlanda, mas pode ser aquele que depois de muita pesquisa, já está com tudo comprado e acertado para ir).

É um momento muito prazeroso, pois você vê que há outros no mesmo barco que você e se em algum momento você duvidou de sua escolha ou quase acreditou que tudo era uma loucura, ali você lembra dos motivos que o fizeram tomar essa decisão e se enche de coragem outra vez. Ou, pode fazer o papel de quem encoraja quem ainda tem dúvida e desperta naqueles que estão ali só como acompanhantes e nunca pensaram no assunto, o interesse ou a curiosidade.

E ao final, na hora de se despedir, pode ser que aquela pessoa de sempre, nem esteja mais no próximo encontro, pois a sua hora chegou. Daí, só nos resta dizer: “nos vemos na Irlanda!”, e deixar que novos encontros façam o tempo passar, até que chegue a sua hora de ir.

25
jul 2011
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 6 Comments
TAGS

Um ano para o intercâmbio, o que fazer?

Encontro E-Dublin no Finnegan’s Irish Pub

Uma coisa importante de se ter em mente quando se decide fazer um intercâmbio, é que ele começa no momento em que a decisão é tomada, o que acontece muitas vezes muito tempo antes do embarque. Então o que fazer nesse tempo todo que separa o presente do sonho de viver a experiência de  morar em outro país?

Guardar dinheiro

Sem dúvida essa talvez seja a atitude mais importante, já que tudo que envolve o intercâmbio requer dinheiro. São passagens, seguro saúde, hospedagem, curso, alimentação, muitas vezes em moeda estrangeira, o que para os destinos mais comuns como Canada, Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda e Austrália o brasileiro leva desvantagem no câmbio.

Enfim, economize o máximo que puder, já que é um hábito importante também durante a viagem.

Conheça o país do Intercâmbio

Outro ponto importante é conhecer bem o país onde se deseja viver a experiência, até mesmo para não criar uma expectativa errada e acabar frustrado. Nesse ponto é importante saber sobre o povo e sua cultura, clima, alimentação, fatores que vão fazer parte da sua vida durantes os meses fora do país e é o responsável por fazer muitos desistirem do sonho.

Interagir com intercâmbistas

Na internet é possível encontrar grupos em forma de fóruns, chats, blogs e listas de discussão de intercâmbio para qualquer país do mundo, sendo um lugar perfeito para compartilhar suas expectativas e tirar dúvidas. Nessas listas é possível encontrar pessoas que pretendem viajar, que já estão fazendo o intercâmbio, e muitas que já voltaram. É comum também encontrar representantes de escolas e agências, sempre dispostos a ajudar e fornecer informações.

Outro ponto legal das listas são os encontros, onde é possível ter um contato mais próximo com quem está vivendo o mesmo que você, trocar idéias, informações sobre preços, qualidade de atendimento e tirar qualquer dúvida que ainda restar.

Alguns dos blogs podem ser encontrados na barra lateral, em Outros pelo mundo.

Compar moeda estrangeira

E novamente a grana entra em cena. Aqui é importante ficar de olho na variação cambial da moeda, já que em um ano ela pode variar muito, e comprar sempre que estiver em baixa para ter uma reserva

Pesquise sobre a escola

E por último e não menos e importante, pesquise sobre as escolas onde você pretende estudar, já que existem inúmeras opções com diversos perfis de carga de estudo, preços e, algo muito comentado e criticado pelos intercâmbistas, a quantidade de brasileiros. Esse assunto merece um post exclusivo, já que inúmeros são os pontos a serem levados em consideração.

Pesquise também agências que trabalham as escolas escolhidas sempre atendando para o preço e a qualidade do serviço prestado. Aqui continua valendo a idéia de interagir com intercâmbistas, já que existe muita informação sobre as escolas nas redes sociais.

20
jul 2011
POSTED BY
POSTED IN Dicas
DISCUSSION 7 Comments

Direitos do cidadão europeu e familiares na Irlanda

Desde que decidimos que a Europa – ou no caso a Irlanda – seria nosso destino, começamos a nos informar sobre como utilizar a nacionalidade italiana da Cá à nosso favor e infelizmente encontramos poucas pessoas na mesma situação que nós para trocar informações, então tivemos que correr atrás nós mesmos.

A primeira coisa que fizemos foi tirar o passaporte italiano (que será detalhado aqui no blog em breve) e atualizar o estado civil no Consulado da Itália, que foi basicamente levar uma tradução juramentada de nossa certidão de casamento. Aproveitamos para perguntar no sobre nossos direitos/deveres em países da União Européia e nos informaram que isso deveria ser informado pelas autoridades do país de destino, no caso da Irlanda.

Continue lendo