De mudança: o que fazer com o “lixo”

Não dá pra negar que a mudança foi cansativa, dos mínimos objetos, como perfumes usados, a coisas maiores, como panelas, tudo teve que ser encaixotado e destinado para algum lugar. Mas até aí tudo bem, a gente sempre acha alguém para doar essas coisas, mas e os remédios vencidos, chapas de raio X antigos, e eletrônicos em mal estado?

Como gestora ambiental tenho a noção de que estes não são resíduos comuns e que devem receber o destino adequado para que não contaminem o meio ambiente. Mas se eu, que tenho esta noção, não sei para onde devo levar estes resíduos, quem dirá o restante das pessoas, que não têm esse conhecimento e não recebem informação adequada?

Continue lendo

14
fev 2012
POSTED BY
DISCUSSION 2 Comments
TAGS

Destino Irlanda em contagem regressiva: NOVE!

Terça-feira, dia 14/02/2012.

Hoje, tivemos um dia um pouco mais calmo, eu estive na casa de meus pais para aproveitar a Internet, finalizar alguns trabalhos para um cliente – e o trabalho parece que não quer me largar – e curtir um pouco o dia com meus pais, comer aquela comidinha caseira e pentelhar minha irmã. À noite saboreamos uma deliciosa pizza para relembrar os velhos tempos.

Continue lendo

14
fev 2012
POSTED BY
DISCUSSION 0 Comments
TAGS

Destino Irlanda em contagem regressiva: DEZ!

Finalmente entramos em contagem regressiva e ao contrário do que pensamos, ainda estamos atolados de pendências e os dias parecem intermináveis, os posts de agora em diante serão focados principalmente em nosso diário de viagem. Sem mais delongas, vamos ao dia de hoje:

Continue lendo

13
fev 2012
POSTED BY
DISCUSSION 2 Comments
TAGS

De mudança

Este fim de semana finalmente terminamos nossa mudança, um trabalho monumental para esvaziar um pequeno apartamento de 55 metros quadrados, 6 carros lotados de coisas, ajuda de amigos e família e agora finalmente nossa vida material se resume a três malas e algumas caixas de coisas que deixaremos para trás.

É complicado descrever a sensação, já que como colecionador, tudo o que acumulei durante a vida tive que aguardadar até que eu tivesse um espaço digno para receber todos os quadrinhos, livros, filmes e action figures que viviam guardados em guarda-roupas, caixas ou nos cantos do meu quarto na casa de nossos pais e agora tudo volta para as caixas até que eu volte a ter um espaço novamente.

Continue lendo

12
fev 2012
POSTED BY
DISCUSSION 6 Comments
TAGS

Dois mil e doze

Estava dando uma vasculhada no blog e algumas coisas me vieram à cabeça, a primeira delas é que há quase um mês não toco no blog. Outra coisa que reparei é que em meu último post, “Intercâmbio, Irlanda, Dublin em links”, havia deixado a promessa de que toda sexta-feira teríamos uma atualização de tudo que encontrássemos de interessante pela internet durante a semana. Enfim, não aconteceu, e eu explico.

É interessante a forma como a vida nos apresenta as oportunidades e no dia exato desse último post, dia 16 de dezembro de 2011, algo aconteceu. Devido à motivos maiores que somente altos executivos podem responder, a empresa em que eu trabalhava anunciou uma grande reestruturação que envolveu mudanças internas e infelizmente, alguns cortes. À mim foi apresentada uma oportunidade muito interessante, mas como ficaria apenas mais um mês na empresa, optei por um acordo que acabou me colocando em casa mais de 2 meses antes de nossa aventura em terras celtas.

Continue lendo

10
jan 2012
POSTED BY
DISCUSSION 2 Comments
TAGS

Quanto custa fazer intercâmbio na Irlanda?

Olhá só, já se foram 7 meses de blog, e um belo hiato sem publicação onde esse humilde relato de intercâmbio ficou às moscas. Por outro lado, já estamos com 28 posts, uma vitória para quem já abandonou meia dúzia de blogs antes da marca das 10 atualizações. YAY!

Aqui já registramos expectativas, notícias diversas, mais expectativas, registros dos nossos passos e algumas dicas, mas até agora nada muito concreto relacionado ao intercâmbio na Irlanda.

Como já relatamos por aqui, já fechamos o pacote com uma agência e reservamos nossos assentos com destino à terra dos Leprechauns. Assustadoramente, foi tudo muito rápido e indolor, na verdade doeu um pouco no bolso e no coração a maldita oscilação do dólar, mas no final deu tudo certo.

Então vem aquela pergunta que ninguém tem coragem de fazer, quanto custa? Acho que não é nenhum segredo isso, já que basta algumas ligações para que os valores abaixo apareçam. Mas antes de falarmos deles, vamos por partes e destrinchar os danados.

Continue lendo

01
dez 2011
POSTED BY
DISCUSSION 131 Comments

E-Dublincontro

Ontem compareci – infelizmente desta vez a Cá não pode ir – ao meu terceiro E-Dublincontro, a tradicional reunião da galera da lista E-Dublin que acontece bimestralmente no Finnegan’s Pub em São Paulo. Desta vez arrastei um camarada que também é pirado em intercâmbio, o Helder, veterano no assunto, já teve sua primeira experiência visitando Vancouver no Canadá.

Continue lendo

30
nov 2011
POSTED BY
DISCUSSION 8 Comments
TAGS

De data marcada!

Desde quando começamos a pensar em morar fora, a idéia foi aos poucos amadurecendo e tomando forma, as pessoas que antes reagiam surpresas ou incrédulas foram se convencendo e nos levando a sério, e nós mesmos fomos nos convencendo de que isso era o que realmente queríamos para nós.

Mas apesar de termos a convicção de que realmente íamos morar na Irlanda, de concreto tínhamos apenas 2 entradas para assistir a um jogo de vôlei nas Olimpíadas de Londres e a carta da escola de inglês confirmando a nossa matrícula.

Enquanto isso, as notícias em todos os jornais sobre a crise na Europa eram cada vez mais frequentes, soando para a maioria como um aviso: “não é hora de morar fora, fique no Brasil que o seu país está em alta”. Mas para nós, o aviso soava diferente: atenção para a alta do dólar, garantam já sua passagem, antes que seja tarde!”. E foi o que fizemos!

O Brú, sempre acompanhando a cotação do euro e do dólar, me ligou enquanto eu viajava  a trabalho, me dizendo: a passagem baixou, o que acha de comprarmos agora? Eu prontamente respondi que sim e dito e feito: no dia seguinte o dólar disparou até hoje não baixou para o valor de quando compramos as passagens.

Encaramos isso como mais um sinal de que estamos no caminho certo e sendo iluminados por Deus. Agora não tem volta, estamos com as passagens compradas para 23 de fevereiro de 2012, pela KLM! Quer dizer, a volta está comprada também, mas se Deus quiser vai ser apenas para uma visitinha…

21
set 2011
POSTED BY
DISCUSSION 5 Comments
TAGS

Primeiro grande passo: agência e escola

Depois de ler muitos blogs e pesquisar na internet, finalmente escolhemos uma agência e uma escola para estudarmos inglês em Dublin: a agência é a GotoLondon e a escola chama-se SEDA! Confesso que não foi fácil, são muitas opções e é preciso se atentar a diversas variáveis: localização (se você quer estudar no mesmo lugar em que pretende morar, para economizar com o transporte, por exemplo), confiabilidade tanto da agência quanto da escola, infra-estrutura que a escola oferece, se estudam muitos brasileiros (para quem quer realmente fazer uma imersão, isso pode não ser bom), o que está incluso no valor a ser pago à agência (acomodação, seguros, curso etc), atendimento, e por aí vai.

Há pessoas que, para economizar dinheiro, fecham o curso direto com a escola. Nós, como pretendemos ficar um bom tempo por lá, preferimos que a nossa experiência começasse com o suporte de uma agência, para ter a quem recorrer caso algo saísse fora do acordado.

Os fatores que mais influenciaram a nossa escolha foram o fato de a escola e a agência serem muito conhecias, serem elogiadas pela maioria das pessoas que optaram por elas e não terem nenhuma crítica negativa que comprometesse a nossa escolha (a crítica mais recorrente à escola que escolhemos é a grande incidência de brasileiros, o que para nós é irrelevante, já que pretendemos morar por pelo menos  de 3 anos na Irlanda).

Uma variável importante para quem vai fechar com agência, é a sua localização, pois caso queira conversar pessoalmente ou precise ir até ela para fazer algum tipo de reclamação mais séria, fica difícil se estiver localizada em outro Estado.

A maioria das agências não são muito famosas, por isso não têm filiais, sendo que a sua sede fica em algum Estado específico. Outras possuem sede no Brasil e na Irlanda, ou apenas na Irlanda. A que escolhemos, trabalha apenas com atendimento on-line (via msn, skype, chat, e-mail etc), o que a princípio nos deixou com receio, mas no fim, não foi impeditivo, pois vimos que todas a ferramentas de comunicação com eles funcionam bem e que o atendimento (pelo menos até o momento) não deixou a desejar.

Mas saindo um pouco dos nossos critérios de escolha, queria compartilhar com vocês a grande emoção que estamos sentindo, pois agora temos algo concreto em nossas mãos, vimos parte do dinheiro que guardamos com carinho para este projeto sair da nossa conta e temos uma data definida! Isso fez a nossa ficha cair de verdade!

E agora que já sabemos o local da escola, já podemos fazer uma pesquisa mais focada com relação à moradia. O único ruim é que vemos cada apartamento mais lindo que o outro e não podemos fazer nada…Mas Deus sabe o que faz e está reservando o nosso, com a nossa carinha…Rumo aos próximos passos!

15
set 2011
POSTED BY
DISCUSSION 14 Comments

Expectativas (dela)

Vocês devem estar se perguntando o que eu e o Brú estamos esperamos viver na Irlanda, por que deixar o Brasil, que tem um ótimo clima, comidas dos mais variados tipos, lugares lindos, diversão para todos os gostos, e acima de tudo, nossos amigos e família.

O motivo de estarmos indo fica para outro post. Aqui, quero que descubram um pouco do que eu espero da Irlanda. Acredito que em primeiro lugar, ou talvez o mais importante, seja viver numa capital onde não haja a muvuca de São Paulo, e quando falo de muvuca, quero dizer multidão de gente, sujeira nas ruas, ar poluído, trânsito infernal, barulho, descaso, falta de cidadania etc. E com isso, também espero que a rinite, a ansiedade, a tensão e tudo de ruim que desenvolvi, seja amenizado.

Espero também fazer amizades com pessoas de outros países, nem que seja uma única grande amizade, pois deve ser uma experiência muito enriquecedora para a vida toda. Outra grande expectativa, é que, estando na Irlanda, eu possa com muito mais facilidade, conhecer a terra Natal do meu pai  e avós (Itália) e dos avós do Brú (Alemanha), primordialmente, e muitos outros países da Europa!

Estou ansiosa para me embebedar (calma, da cultura irlandesa!), conhecer cada detalhe de cada canto de Dublin, para me sentir parte deste lugar e para ser a guia de todos que queiram nos visitar!

Ah, e por falar nisso, acho que essa é a expectativa zerinho: antes de qualquer coisa, quero muito mesmo que consigamos uma vida estabilizada, para que tenhamos condições de receber todos que queiram nos visitar, bem como ajudar a trazer aqueles que não têm tanta condição assim. Com isso, quero proporcionar a todos que amo uma experiência de vida inesquecível, como forma de retribuir a tudo o que deles recebi, e com isso dar muito mais sentido à minha própria viagem!

Para finalizar, espero também contribuir com esta terra que vai nos acolher, com o pouco conhecimento que adquiri até hoje e com minhas características pessoais. Será que estou com muitas expectativas? Acham que alguma coisa do que escrevi vai acontecer? Continuem acompanhando nosso blog e confiram!

 

27
maio 2011
POSTED BY
DISCUSSION 3 Comments
TAGS